Quarta-feira, 21 de Julho de 2021

Felicidade!

"Feliz é quem faz a diferença no mundo!"

 

 

 

publicado por Adelaide Pereira às 17:53

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 19 de Julho de 2021

Tsurus pela preocupação com o futuro do nosso planeta!

O Tsuru é uma ave sagrada do Japão. Simboliza saúde, sorte, felicidade, longevidade e fortuna, sendo assim um símbolo para grandes benefícios. 

O Tsuru é um tipo de origami considerado um dos mais tradicionais da cultura japonesa.

Conta a lenda japaonesa que se a pessoa fizer 1000 origamis de tsuru, com o pensamento voltado para um deseljo, ele se realizará.

Os meus alunos dobraram tsurus reutilizando papel, desejando que as pessoas se preocupem mais com o futuro do nosso planeta!

1- TsuruAfonso Farinha.jpg

1- TsuruBeatriz Tavares (2).jpg

1- TsuruBeatriz Tavares.jpg

1- TsuruClara.jpg

1- TsuruJoão Pica.jpg

1- TsuruMariana Costa.jpg

1- TsuruMartim Batista(1).jpg

2- TsuruTiago Melo.jpg

2- TsuruGuilherme Silva.JPG

2- TsuruDiogo Martins (2).jpg

2- francisco chora (4).jpg

3- Carolina Rações 2.jpg

3- TsuruAna Lucia (2).jpg

3- TsuruGustavo TeixeiraTsuru_3.jpg

3- TsuruJoão Meireles.jpg

3- TsuruMiguel leandro.jpg

3- TsuruPedro Gonçalves.jpg

3- TsuruRaquel Fernandes.jpg

4- TsuruIsabel Oliveira.jpg

4- TsuruJuliana Romba.jpg

51_Tsurugrupo.JPG

52_Tsurugrupo.JPG

53_Tsurugrupo.JPG

54_Tsurugrupo.JPG

Adelaide Pereira.jpg

 

publicado por Adelaide Pereira às 12:01

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 1 de Junho de 2021

Dia Mundial da Criança

Dia Mundial da Criança - 1 de junho

Dia da criança são todos os dias mas este é especial!
 
Este é um dia que para mim faz todo o sentido, principalmente enquanto existirem no mundo crianças a quem são negados os direitos e cuidados básicos de amor, saúde, segurança e cultura.
 
Um dia muito feliz para todos os meus pestinhas... crianças... pré-adolescentes... adolescentes!
 
Um beijinho virtual para todos 
 
image.png
 
 
publicado por Adelaide Pereira às 17:49

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito (1)
Sábado, 29 de Maio de 2021

Bom fim de semana!

 

publicado por Adelaide Pereira às 21:39

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 18 de Maio de 2021

Dia Nacional dos Cientistas

Dia Nacional dos Cientistas

Hoje, dia 16 de maio, celebramos o Dia Nacional dos Cientistas!

Este dia pretende celebrar e reconhecer o papel dos cientistas e da comunidade científica na sociedade portuguesa.

O Dia Nacional dos Cientistas foi criado em 2016 por resolução da Assembleia da República.

É assinalado a 16 de maio como homenagem a uma importante personalidade da Ciência nacional, José Mariano Gago (1948-2015),  nascido a 16 de maio, professor, cientista, político e ministro da Ciência e da Tecnologia entre 1995 e 2002, recordando-se o seu legado para o desenvolvimento do conhecimento, da ciência e tecnologia e da cultura científica na nossa sociedade.

 

Mas afinal o que é a Ciência?

A Ciência está presente no nosso dia-a-dia e em tudo o que nos rodeia .

 

https://www.facebook.com/CEBAL.Alentejo/videos/302992968095666

https://www.facebook.com/CEBAL.Alentejo/videos/1345607289148110

 

Para assinalar este dia, vejam os rostos e as palavras de alguns cientistas sobre o que é "Ser Cientista"! 😃 

https://www.facebook.com/CEBAL.Alentejo/videos/564918004452991

 

(textos e vídeos de Cebal.Alentejo)

publicado por Adelaide Pereira às 16:29

link do post | comentar | favorito

Dia Internacional da Reciclagem

Dia Internacional da Reciclagem

O Dia Internacional da Reciclagem foi instituído pela UNESCO  (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) e comemora-se no dia 17 Maio.

Todo o processo de produção, recolha, processamento e armazenamento do lixo resulta em problemas sociais, ambientais e económicos.

O objetivo desta data é consciencializar as pessoas sobre a importância de recolher, separar e destinar à reciclagem todos os materiais recicláveis, como embalagens plásticas e de metal, papel, cartão, vidro, óleos usados, pilhas, restos orgânicos, peças electrónicas, etc.

A reciclagem é uma das alternativas que podemos usar para ajudar a preservar e regenerar o meio ambiente.

Com pequenos gestos diários, tomamos consciência e pensamos no amanhã do nosso planeta!

Vamos todos colaborar!

 

publicado por Adelaide Pereira às 16:21

link do post | comentar | favorito

Dia Internacional do Fascínio das Plantas

Dia Internacional do Fascínio das Plantas

O Dia Internacional do Fascínio das Plantas decorre anualmente a 18 de maio.

A data foi criada em 2012 pela EPSO - European Plant Science Organisation, para celebrar a vida misteriosa e fascinante das plantas. Da mais pequena semente nasce a maior árvore, que alimenta e abriga as mais variadas criaturas. Dada a dimensão dos milagres naturais que surgem na vida das plantas, não é de estranhar que se tenha criado um dia para celebrar estes acontecimentos.

O Dia do Fascínio das Plantas (Fascination of Plants Day) deseja fazer germinar o fascínio das plantas nas pessoas e chamar a atenção para a importância do estudo das plantas na conservação do meio ambiente e na melhoria da agricultura, assim como na produção sustentável de alimentos, sem esquecer a horticultura, silvicultura e produção de bens não-alimentares.

(texto de https://www.calendarr.com/portugal/dia-internacional-do-fascinio-das-plantas)

Impossível não nos fascinarmos com as plantas!

(foto de Victor Pereira)

publicado por Adelaide Pereira às 16:14

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 28 de Abril de 2021

Pensamento

"Aqueles que passam por nós não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós." 

Antoine de Saint-Exupery

 

publicado por Adelaide Pereira às 18:34

link do post | comentar | favorito
Domingo, 25 de Abril de 2021

Tudo vai ficar bem!

Uma pequena escapadela há tanto tempo desejada!

Um fim de semana no meu local de sonho!

Vendo as plantas que a minha mãe plantou com tanto amor carregadas de flores, a anunciar a chegada de mais uma primavera, indiferentes ao confinamento que nos rodeia, acredito...

Tudo vai ficar bem!

 

 

publicado por Adelaide Pereira às 12:18

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 22 de Abril de 2021

Dia da Terra - 22 de abril

"A Terra é a nossa casa e a casa de todos os seres vivos."

 

O Dia da Terra é celebrado para pensarmos sobre os recursos naturais da Terra e os problemas ambientais atuais, e assim sermos  cidadãos ambientalmente conscientes e responsáveis.

 

Tudo começou com uma manifestação dos cidadãos americanos para a criação de um Dia dedicado aos problemas do planeta Terra. A manifestação foi organizada pelo senador norte-americano Gaylord Nelson, ativista ambiental, no dia 22 de Abril de 1970 e nela participaram duas mil universidades, dez mil escolas primárias e secundárias e centenas de comunidades.

 

Em 1972 foi celebrada a primeira conferência internacional sobre o meio ambiente: a Conferência de Estocolmo, cujo objetivo foi sensibilizar os líderes mundiais sobre a importância dos problemas ambientais e a necessidade de arranjar soluções para os mesmos.

 

Em 2009, a ONU (Organização das Nações Unidas) reconheceu a importância desta data e instituiu o Dia Internacional da Mãe Terra, celebrado a 22 de abril.

 

Dia da Terra é uma celebração que diz respeito a toda a população mundial  e não está  relacionada com ideias políticas, nacionais e religiosas. Neste dia são realizadas por todo o mundo diversas atividades relacionadas com a divulgação e avaliação de problemas ambientais como: a contaminação do ar, da água e dos solos, a destruição de ecossistemas, as centenas de milhares de espécies de plantas e animais em extinção, o esgotamento de recursos não renováveis, …  Utiliza-se também este dia para insistir em soluções que permitam eliminar os efeitos negativos das atividades humanas. Essas soluções incluem a reciclagem de materiais manufaturados, a preservação dos recursos naturais, a proibição de utilizar produtos químicos prejudiciais, o fim da destruição de habitats fundamentais, a proteção de espécies ameaçadas, …

 

(texto adaptado de https://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_da_Terra)

 

"Olha a terra à tua volta, deita-te no chão e sente o coração do planeta a bater."
 
Paulo Coelho
 
 
"O nosso Planeta, velho de cerca de quatro mil quinhentos e quarenta milhões de anos, lar da biodiversidade, incluindo a humanidade inteira, não foi sempre como hoje o conhecemos. Esta nossa Terra, um ponto azul na imensidade do espaço cósmico, é o resultado de uma longa e complexa evolução, e o homem é o fruto mais jovem dessa mesma evolução, numa cadeia imensa de inter-relações em que participaram as rochas, através dos solos, a água, o ar e todos os seres vivos. Assim, interessa ao cidadão em geral, como criatura consciente que é no quadro da Natureza, conhecê-la melhor, a fim de bem avaliar os problemas que se lhe põem no seu relacionamento com o ambiente natural.
Na evolução da matéria, segundo Teilhard de Chardin (1881-1955), o grau de complexidade que esta assumiu foi crescente desde o início do tempo deste nosso Universo, isto é, nos treze mil e oitocentos milhões (13 800 000) de anos da sua existência. Das partículas subatómicas primordiais passou-se aos átomos e, só depois, às moléculas, cada vez mais complexas. A partir destas, a evolução caminhou no sentido das células mais primitivas que fizeram a sua aparição na Terra há mais de três mil e oitocentos milhões de anos, pensa-se que através de uma cadeia abiótica de estádios progressivamente mais elaborados, onde o ensaio e erro e o sucesso ou insucesso das soluções encontradas, isto é, os produtos sucessivamente sintetizados, tiveram a seu favor tal imensidade de tempo, da ordem de 75% ou mais da idade do Universo. Dos seres unicelulares, rudimentares, aos primeiros organismos pluricelulares, surgidos há setecentos a oitocentos milhões de anos, foi consumido apenas cerca de 20% desse mesmo tempo. Restou, pois, pouco mais de 5% para que, numa nova cadeia de complexidade, sempre crescente e a ritmo cada vez mais acelerado, se caminhasse dos invertebrados primitivos ao Homem. Do nosso aparecimento na Natureza, onde ocupamos o topo da escala evolutiva, aos dias de hoje, foi um passo de apenas 0,0001% do tempo universal da criação. Face à eternidade do tempo que falta cumprir a este nosso planeta, estimado em mais alguns milhares de milhões de anos, a presença do Homem na Natureza é ainda extraordinariamente curta e insignificante à escala da evolução biológica e, portanto, passível de erro, como aconteceu com inúmeras espécies no decurso dessa mesma evolução.
O Homem, feito dos mesmos átomos de que são feitas as estrelas, os minerais, as plantas, os outros animais e tudo o mais que existe, é matéria que adquiriu complexidade tal que se assumiu com capacidade de se interrogar, de se explicar e de intervir no seu próprio curso e no do ambiente onde foi “fabricado”. Ele é um estado muito avançado de combinação dessa mesma matéria, capaz de fazer aquilo a que chamamos Ciência, isto é, observar, descrever, relacionar, explicar, induzir, prever. O Homem, na sua possibilidade de adquirir conhecimento e de o transmitir, é a manifestação mais elaborada da realidade física do mundo que conhecemos, na qual foi consumida a quase totalidade do tempo do universo. Assim, a Ciência, através do Homem, pode ser entendida também como expoente máximo da matéria que se questiona a si própria. Pode dizer-se que a Natureza “pensa” através do cérebro humano e, com igual razão, pode aceitar-se que o Homem deu voz à Natureza. Tais capacidades colocam-nos a nós, humanos, numa posição de grande vantagem entre os nossos pares no todo natural. Mas teremos nós o direito de gerir a Natureza apenas em nosso proveito, agredindo-a como tem sido regra, sobretudo a partir da Revolução Industrial, no séc. XIX, e, com particular intensidade, nas últimas décadas?
A Terra, no quadro em que se nos apresenta hoje, é o resultado de um sem número de agressões sofridas ao longo da sua velhíssima história. Contudo, e em consonância com James Lovelock, na sua hipótese “Gaia”, a Terra é um corpo que se auto-regula e, como tal, sempre soube encontrar resposta a todas essas agressões e vai, sem dúvida, continuar a fazê-lo. Os danos que lhe podemos causar, no mau uso que dela fizermos, é mudar-lhe as condições que nos são favoráveis e que bem conhecemos, dando origem a outras, ainda desconhecidas, que nos poderão ser altamente adversas. Assim, ao atentar contra a Natureza, o Homem está, certamente, a atentar também contra si próprio, contra a humanidade. Acaso deixou de existir mundo natural aquando das grandes extinções em massa, como a que se verificou há cerca de 65 milhões de anos que, entre muitíssimos outros grupos biológicos, levou ao desaparecimento dos dinossáurios não avianos.
Numa ânsia desenfreada de lucro e de prazer, a civilização industrial incontrolada pode desencadear uma nova extinção em massa que, certamente, a vitimará a ela também. Porém, o planeta – e os geólogos têm consciência disso – irá prosseguir, mesmo sem a inteligência do Homem, e acabará por encontrar novos caminhos, em obediência apenas às leis da física, incluindo as do acaso, podendo voltar a ensaiar um outro ser inteligente ou, até, mais inteligente do que esta versão moderna do Homo sapiens, que somos nós. Para tal só necessita de tempo, de muito tempo, e isso não lhe irá faltar, uma vez que estimamos em mais cinco a seis mil milhões de anos a sua existência como planeta, até Sol na sua evolução como estrela e envolva num imenso brasido.
Perante quem deve o Homem prestar contas da maneira como decide articular-se com a Natureza? É, sem dúvida, aos outros homens, ou seja, à Sociedade, que cada um de nós tem de responder pelo poder de decisão e pela liberdade de acção que as nossas imensas capacidades nos conferem. Se o Homem deu voz à Natureza, a Sociedade deu-lhe ética e assume-se no direito de estabelecer regras entre os seus pares no usufruto deste vasto condomínio. Sendo certo que a capacidade de intervenção de cada indivíduo, como elemento consciente desta mesma Sociedade, está na razão directa das suas convenientes informação e formação, importa, pois, incrementá-las. E incrementá-las é facultar-lhe o acesso aos conhecimentos que, desde sempre, a ciência nos vem revelando."
 
António Galopim de Carvalho
 
 
publicado por Adelaide Pereira às 09:12

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 13 de Abril de 2021

Descansa em paz, Mãe!

"Aqueles que passam por nós não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós." 

Antoine de Saint-Exupery

IMG_9353.JPG

Faz hoje um ano que perdi para sempre a minha mãe!

O maldito virus que veio virar do avesso as nossas vidas nem sequer permitiu que lhe desse um último beijo.

A despedida, ou a falta de despedida, deixou um enorme vazio no meu coração e na minha vida que jamais será ultrapassado.

Descansa em paz, Mãe!

 

publicado por Adelaide Pereira às 16:15

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 1 de Abril de 2021

Quinta-feira Santa

Quinta-feira SantaQuinta-feira de Endoenças ou Grande e Sagrada Quinta-feira é a quinta-feira que antecede a celebração da morte e ressurreição de Jesus. É o quinto dia da Semana Santa no cristianismo ocidental e o sexto no cristianismo oriental (que conta também o Sábado de Lázaro, anterior ao Domingo de Ramos). É neste dia que se comemora o lava-pés e a Última Ceia de Jesus com seus apóstolos segundo o relato dos evangelhos canônicos.

A liturgia utilizada na noite da Quinta-feira Santa encerra a Quaresma e dá início ao chamado Tríduo Pascal, o período que comemora a paixão, morte e ressurreição de Cristo e inclui ainda a Sexta-feira Santa, o Sábado de Aleluia e termina no Domingo de Páscoa.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Quinta-feira_Santa)

 

publicado por Adelaide Pereira às 21:25

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 4 de Março de 2021

Educação!

“A educação não pode ser delegada somente à escola.

Aluno é transitório, filho é para sempre.”

Içami Tiba

 

 

publicado por Adelaide Pereira às 19:27

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 16 de Fevereiro de 2021

A natureza não está confinada, nós é que estamos!

Após uma manhã frustrante de aulas online, em luta com a Net que teimou em não colaborar... e a enxaqueca que veio para ficar...

... tive que sair de casa e confirmar que a natureza não está confinada, que ainda existe ar puro para respirar, que as águas do mar continuam a agitar-se e as plantas a florir.

Não fiquei com problemas de consciência por esta minha escapadela!

Não estive num espaço cheio de gente, quase não vi pessoas durante este pequeno passeio, não estive a confraternizar com ninguém, apenas respirei!

(foto de Victor Pereira)

(foto de Victor Pereira)

publicado por Adelaide Pereira às 22:58

link do post | comentar | favorito (1)
Sábado, 13 de Fevereiro de 2021

Guardada no coração!

"Promete que vai se cuidar quando eu não estiver mais por perto, que vai guardar minhas palavras numa caixinha secreta.
Promete que não vai desistir dos seus sonhos, que vai refazer muitos planos e não vai desistir de você.
Promete não me esquecer, que vai me lembrar num dia de chuva ou quando a noite silenciar o dia.
Promete não se abandonar nessa estrada, que vai se dar colo quando vier o cansaço e não vai deixar de sorrir.
Me guarda no seu coração, leva o meu carinho pra rua.
Me ajeito em qualquer cantinho.
Só não me esqueça numa gaveta escura..."
 
Eunice Ramos
 
(facebook.com)
 
-----------------------------------
 
Faz hoje 10 meses que a minha mãe partiu!
Não me foi permitido dar-lhe um último abraço nem um beijo de despedida!
Continuará para sempre a viver nos nossos corações!
 

 

publicado por Adelaide Pereira às 17:19

link do post | comentar | favorito (2)

.mais sobre mim

.Bem vindos ao meu blog!!!

.pesquisar

 

.Agosto 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Felicidade!

. Tsurus pela preocupação c...

. Dia Mundial da Criança

. Bom fim de semana!

. Dia Nacional dos Cientist...

.arquivos

. Agosto 2021

. Julho 2021

. Junho 2021

. Maio 2021

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

.Tags

. todas as tags

.links

.Selinhos recebidos

.Velas acesas, uma por cada um dos membros da minha família, pela paz, e para que se acabem todos os tipos de maus tratos no Mundo!!

.As minhas afilhadas de blog: - Nélia - Arte das Manas / - Teresa - Artxike

blog da Nélia
blog da Teresa

.Leilão Forumeiros

Leilão Forumeiros
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub