Terça-feira, 7 de Janeiro de 2020

Presépio vivo - Assenta - Torres Vedras

O Natal não se faz sem presépio e neste assunto a Assenta, em Torres Vedras, não brinca!

Este ano, a Assenta volta a ter um presépio vivo que pode ser visitado no dia 25 de dezembro e nos dias 1 e 5 de janeiro, no Pavilhão São José, entre as 15h e as 18h.

Trata-se de uma recriação do tradicional presépio e é uma organização da Comissão de Festas de São João Batista.

O presépio conta com 20 metros de rio, 25 metros cúbicos de terra, 200 fardos de palha e alguns figurantes, cerca de trinta!

(https://www.onfm.pt/2019/12/17/assenta-volta-a-ter-presepio-vivo-este-ano)

20200101_173341.jpg

20200101_172432.jpg

20200101_172942.jpg

20200101_173019 - Cópia.jpg

20200105_152337 - Cópia.jpg

20200105_152341.jpg

20200105_152425.jpg

20200101_172656.jpg

20200105_152723.jpg

20200105_152938.jpg

20200104_111514.jpg

20200104_111638.jpg

20200104_121708.jpg

Passamos o final do Ano na Assenta e aproveitamos para visitar o Presépio vivo.

Uma bonita encenação, fruto do trabalho voluntário de alguns moradores. 

Parabéns pelo trabalho realizado!

 

publicado por Adelaide Pereira às 18:09

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 9 de Dezembro de 2019

Presépio em Centro Comercial

O Pai Natal, a árvore de Natal e as iluminações generalizaram-se como símbolos do Natal e deixaram cair um pouco no esquecimento o verdadeiro símbolo do Natal cristão, o Presépio.

Acho uma excelente ideia alguns Centros Comerciais continuarem a exibir presépios, mesmo que tendo como principal objetivo questões de marketing, relembrando aos visitantes e consumidores, principalmente às crianças, o verdadeiro acontecimento do Natal, o nascimento de Jesus!

Presépio lindissimo no Centro Comercial Colombo...

20191120_215946.jpg

20191120_220301.jpg

20191120_220307.jpg

 

publicado por Adelaide Pereira às 12:00

link do post | comentar | favorito
Domingo, 1 de Dezembro de 2019

Batizado da Isabel e Lembranças de Natal II

30 de novembro 2019

Batizado da Isabel, filha do Nuno e da Sandra

Igreja Paroquial de Meirinhas 

Como lembrança de nascimento da pequenina Isabel, realizei três almofadas animais com tecidos da Fabricart.

Uma girafa, um panda e um guaxinim...

20191129_215934.jpg

20191129_220020.jpg

20191129_215732.jpg

Para recordar este dia do seu nascimento como cristã, bordei um quadro em ponto cruz...

IMG_5532.JPG

e fiz uma guirlanda ...

20191129_215404.jpg

A primeira lembrança de Natal 2019 entregue foi a estrelinha de primeiro Natal da Isabel...

20191129_215428.jpg

O almoço com a familia e amigos foi realizado num local muito bonito, a Quinta dos Castanheiros em Leiria.

20191130_141349.jpg

20191130_141325.jpg

20191130_141315.jpg

20191130_141643.jpg

20191130_155014.jpg

20191130_173941.jpg

20191130_181107.jpg

20191130_181120.jpg

Um dia de agradável convivio familiar! 

Parabéns Nuno, Sandra e Isabel!

publicado por Adelaide Pereira às 00:09

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 12 de Novembro de 2019

Matar saudades da aldeia

O fim de semana prolongado foi aproveitado para uma viagem de "matar saudades" à nossa casa da aldeia no norte do país.

74414280_451773245689675_6035321888681492480_n.jpg

IMG_6121.JPG

O tempo, apesar do cheirinho a outono-inverno, proporcionou um passeio pelos terrenos (abandonados!) dos meus avós...

72893714_474436886535235_3326399123610927104_n.jpg

73238394_397414501136159_5715826749070114816_n.jpg

73357388_420413095314311_7253500593807818752_n.jpg

73482705_424251484945810_561410770286411776_n.jpg

74527621_2664932760225389_8834731196542877696_n.jp

75258549_413508842937173_4027196391699775488_n.jpg

IMG_6114.JPG

O diospireiro que o meu pai plantou para mim há alguns anos, e que eu pensava ter morrido vítima dos incêndios, continua de pé e com diospiros!

Apesar de verdes, trouxemos alguns, os quais têm amadurecido e sido bem apreciados.

75439463_1162526670599969_7817682983799750656_n.jp

A única oliveira, das muitas que os meus avós plantaram, que resistiu ao fogo, encontra-se carregada de azeitona!

Já não temos ninguém para as curtir mas colhemos algumas para experimentar.

74624088_395345381343412_4220834292160266240_n.jpg

IMG_6126.JPG

Na bagagem ainda trouxemos batatas, abóboras, pimentos, couves e nabiças oferecidas com muito carinho pelos poucos familiares "resistentes" que ainda cultivam na quinta.

 

Tags: ,
publicado por Adelaide Pereira às 18:15

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 28 de Outubro de 2019

From Indonesia With Love - Sasya Tranggono

Museu do Oriente - Lisboa

Exposição:  FROM INDONESIA WITH LOVE

SASYA TRANGGONO

FROM INDONESIA WITH LOVE

10 Outubro - 17 Novembro

2019 é o ano em que a artista indonésia Sasya Tranggono finalmente presta tributo ao seu extenso e árduo trajecto artístico, e em que as suas pinturas são reconhecidas como obras de arte.

Sasya é agora amplamente reconhecida pelo seu estilo pós-tradicional. As particularidades da sua obra tornaram-na icónica. A recente exposição individual exibida na destacada National Art Gallery, em Jacarta, Indonésia, atesta esta sua singularidade. Entre os motivos de destaque estão as personagens que retrata como marionetas do teatro wayang golek indonésio, evidenciando a sua afeição pelas tradições do seu país; as pinturas como Butterfly, que simbolizam a sua espiritualidade ou ainda as pedras preciosas usadas na criação das suas pinturas e aguarelas.

Apesar da aparente simplicidade dos seus trabalhos, decorrente da representação de motivos como borboletas e flores, estes retratam os desafios da sua biografia, os complexos obstáculos que enfrentou ao longo de anos. O que começou como uma actividade de tempos livres transformou-se, ao longo de 30 anos, no labor de toda uma vida.

A artista deseja inspirar os jovens da geração millennial a desenvolver e fazer pleno uso da mesma paixão que a levou a criar os seus originais trabalhos artísticos. Incentiva-os a explorarem a sua própria criatividade, a expressar os seus sentimentos, as suas emoções, a fé e a vida, através da arte.

(http://www.museudooriente.pt/3669/from-indonesia-with-love.htm#.XbV5Suj7TIV)

publicado por Adelaide Pereira às 23:09

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 10 de Setembro de 2019

Jardins do Palácio Nacional de Queluz

Visita noturna aos jardins do Palácio de Queluz...

20190907_202139.jpg

20190907_201743.jpg

20190907_201557.jpg

20190907_202518.jpg

20190907_201754.jpg

20190907_203258.jpg

(fotos de Victor Pereira)

 

Os jardins do Palácio Nacional de Queluz abrangem cerca de 16 hectares da antiga Real Quinta de Queluz. Cenário de festas da Família Real, sobretudo entre 1752 e 1786, constituem um importante valor paisagístico e patrimonial, sendo considerados dos mais importantes jardins históricos de Portugal. De evidente inspiração francesa, dividem-se em vários espaços distintos, como o Jardim Grande (ou Jardim de Neptuno), o Jardim Novo (ou Jardim de Malta) e o Jardim Botânico.

São jardins de buxo geométricos, marcados pelos conjuntos escultóricos (que representam, nomeadamente, figuras mitológicas da antiguidade clássica), por cascatas e tanques de água, pelas gaiolas com pássaros exóticos e pelos azulejos.

Em 2017, reabriu o Jardim Botânico, construído entre 1769 e 1776, mas transformado em roseiral no ano de 1940, depois de ter sido sucessivamente destruído por fenómenos naturais. A sua recuperação repôs as quatro estufas, de acordo com a interpretação dos desenhos históricos e dos resultados das sondagens arqueológicas. No interior das estufas, foram plantados ananases, produzidos em tempos para os banquetes de Queluz. Um trabalho que, em 2018, valeu a atribuição do Prémio Europa Nostra na categoria de Conservação.

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 12:54

link do post | comentar | favorito

Feira setecentista de Queluz

20190907_185106.jpg

20190907_185330.jpg

20190907_200758.jpg

20190907_205118.jpg

20190907_211114.jpg

(fotos de Victor Pereira)

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 12:49

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 28 de Agosto de 2019

Praia fluvial de São Sebastião da Feira

Localizada no concelho de Oliveira do Hospital, a Praia Fluvial de São Sebastião da Feira está rodeada de natureza, desafiando todos os visitantes a partirem à descoberta do património natural, percorrendo os trilhos que rodeiam o local.

As árvores marcam o cenário que se encontra nesta Praia Fluvial em que o Rio Alva, que ali se apresenta em forma de S, é o anfitrião. Os chapéus de palhaque se espalham pelo extenso areal situado na margem direita do rio proporcionam as sombras necessárias.

É também no areal que se encontra um campo de volley e uma rampa de acesso à água destinada a pessoas com mobilidade reduzida. Aliás, em 2017, São Sebastião da Feira foi pela primeira vez galardoada como Praia Acessível – Praia para Todos, dispondo de todas as estruturas de apoio para pessoas com mobilidade reduzida.

(https://aldeiasdoxisto.pt/poi/5474)

69270999_2381250608578844_7371044021814165504_n.jp

(foto de Victor Pereira)

IMG_5470.JPG

 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 18:51

link do post | comentar | favorito

Santa Ovaia - Oliveira do Hospital

IMG_5473.JPG

IMG_5471.JPG

 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 18:45

link do post | comentar | favorito
Domingo, 18 de Agosto de 2019

Serra da Estrela

Serra da Estrela, situada na região do Centro (Região das Beiras), designa a cadeia montanhosa onde se encontram as maiores altitudes de Portugal Continental. O seu ponto mais elevado, com 1993 metros de altitude e denominado Torre, torna-a na segunda montanha mais alta de Portugal] (apenas a Montanha do Pico, nos Açores, a supera em 358 metros). Faz parte da mais vasta cordilheira denominada Sistema Central, no subsistema designado como sistema montanhoso Montejunto-Estrela, que se desenvolve no sentido sudoeste-nordeste desde a serra de Montejunto, e o seu cume-pai é o Pico de Almançor. A serra da Estrela é uma zona de paisagem integrada no Parque Natural da Serra da Estrela, que após a sua constituição em 16 de Julho de 1976 se instituiu como a maior área protegida em solo português.

Além da neve, da fauna e flora extraordinárias, o viajante é também atraído pela orografia de proporções colossais bem como pela riqueza humana, cultural, histórica e gastronómica da região.

A Serra é também rica do ponto de vista hidrológico, deste maciço escorrem numerosas linhas de água. Três rios nascem na Serra da Estrela: o Rio Mondego; o Rio Zêzere;- que 200 Km a jusante é tributário do Rio Tejo- e o Rio Alva; - que tributa ao Rio Mondego, nascidos da mesma Serra - Beneficiam as três maiores bacias hidrográficas do país: Douro, Mondego e Tejo - e sem que se apercebam, todos os dias, os habitantes de Lisboa, Porto e Coimbra usufruem e dependem da água proveniente da Serra da Estrela.

IMG_5438.JPG

IMG_5443.JPG

IMG_5449.JPG

IMG_5453.JPG

 

publicado por Adelaide Pereira às 00:49

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Lapa dos Dinheiros - Seia

Localizada em Seia, em pleno Parque Natural da Serra da Estrela na ribeira da Caniça, (sendo esta um afluente da margem direita do rio Alva) encontramos uma praia maravilhosa com um enquadramento paisagístico magnífico sobre a montanha. É conhecida como o Souto da Lapa com notáveis afloramentos graníticos juntamente com um espelho límpido de água que atrai todos os que por ali passam, é a Praia Fluvial da Lapa dos Dinheiros ou Praia da Caniça.

(https://www.praiafluvial.pt/praia-fluvial-da-lapa-dos-dinheiros)

IMG_5434.JPG

IMG_5436.JPG

 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 00:43

link do post | comentar | favorito (1)
Segunda-feira, 12 de Agosto de 2019

Penalva de Alva - Oliveira do Hospital

20190811_152048.jpg

20190811_162156.jpg

20190811_165006.jpg

20190811_165015.jpg

20190811_165022.jpg

 

publicado por Adelaide Pereira às 00:37

link do post | comentar | favorito

Foz de Égua - Arganil

A aldeia de Foz D’Égua pertence à freguesia do Piódão e com ela partilha a beleza mística da Serra do Açor.
Caraterizada pelo seu aspecto rural serrano, com as típicas casas de xisto e lousa, circundadas por uma natureza quase em estado puro, é rica em espécies de fauna e flora que aqui encontram o seu habitat natural.

Em Foz D’Égua situa-se uma praia fluvial de grande beleza, o ponto de encontro da ribeira de Piódão com a ribeira de Chãs, que correm em direcção ao rio Alvoco e cujo percurso é travado por uma represa criando um espelho de água.

(https://www.cm-arganil.pt/visitar/o-que-visitar/foz-de-egua)

20190809_174843.jpg

 

publicado por Adelaide Pereira às 00:09

link do post | comentar | favorito

Serra do Açor

A Serra do Açor - a quinta serra mais alta de Portugal continental - constitui o quadrante norte do território das Aldeias do Xisto, assegurando a continuidade da Cordilheira Central, a partir da Serra da Estrela.

Nas suas cumeadas, torres eólicas  geram electricidade que chega a todo o País.

É a mãe do Rio Ceira, que parte dos seus cumes à procura do Mondego, que só encontra à entrada de Coimbra. Mas também dá um fortíssimo contributo para os caudais do Zêzere e do Alva.

É serra que há mais de um século é esventrada pela exploração mineira, cujo centro principal são Minas da Panasqueira. Mas também por mais de 10 km de túneis que transvasam para o Rio Zêzere as águas que alimentam a albufeira da Barragem de Santa Luzia.

Esta é a formação montanhosa em xisto que atinge a maior altitude no território continental português: o Cebola, a 1438 m.

Serra com nome de pássaro, que serve de casa a algumas espécies de aves que escolhem a liberdade dos grandes espaços selvagens. Mas é pelo elenco florístico e pelas formações vegetais que aqui ocorrem que esta serra vê reconhecida a sua importância para o património natural português.

Aqui encontramos a Paisagem Protegida da Serra do Açor dentro de cujos limites encontramos a Fraga da Pena e a Mata da Margaraça.

Aqui ocorre o limite Sul da área de distribuição de uma planta rara: o Narcissus asturiensis. É nesta serra que a Trepadeira-dos-muros (Tichodroma muraria) tem aparecido nos invernos dos últimos anos.

E é esta a serra que alberga mais de metade da população mundial de uma espécie arbórea, o Azereiro (Prunus lusitanica subsp lusitanica) que tem na Mata da Margaraça a maior população mundial da espécie concentrada num só local.

(https://aldeiasdoxisto.pt/artigo/231)

20190809_164250.jpg

20190809_163514.jpg

20190809_163454.jpg

20190809_162737.jpg

20190809_165731.jpg

 

publicado por Adelaide Pereira às 00:05

link do post | comentar | favorito
Domingo, 11 de Agosto de 2019

Piodão - Arganil

A Aldeia Histórica do Piódão constitui um conjunto arquitetónico de rara beleza pelo seu enquadramento natural, mas também pela sua antiguidade, unidade e estado de preservação das construções, sendo apelidada por muitos como “aldeia presépio” dada a sua configuração que se espraia pela encosta do monte com as casas em xisto e lousa e as janelas e portas pintadas de azul, em anfiteatro.

Enquadra-se na tipologia das “Aldeias Históricas”. Sabe-se que a aldeia do Piódão serviu de abrigo a muitos que se pretendiam esconder ou por questões políticas em épocas mais severas, ou por questões jurídicas. No entanto, não foram só foragidos que a procuraram. No século XIX, o Cónego Manuel Fernandes Nogueira, fundou um colégio que preparava alunos para a entrada no seminário. Muitos rapazes da Beira Interior passaram pelo colégio entre 1886 e 1906.

A história da aldeia perde-se na noite dos tempos. Poucos são os vestígios que permitem reconstruir a história, no entanto, os achados arqueológicos de Chãs d’Égua são um importante testemunho da possível antiguidade da aldeia.

(https://www.cm-arganil.pt/visitar/o-que-visitar/piodao)

20190809_165620.jpg

20190809_165638.jpg

20190809_170548.jpg

20190809_170634.jpg

20190809_170816.jpg

 

publicado por Adelaide Pereira às 23:32

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.Bem vindos ao meu blog!!!

.pesquisar

 

.Janeiro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Presépio vivo - Assenta -...

. Presépio em Centro Comerc...

. Batizado da Isabel e Lemb...

. Matar saudades da aldeia

. From Indonesia With Love ...

.arquivos

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

.Tags

. todas as tags

.links

.Visitas a partir de 28-Dezembro-2009

provided by Inteliture.com
Inteliture.com

.professora

.Selinhos recebidos

.Velas acesas, uma por cada um dos membros da minha família, pela paz, e para que se acabem todos os tipos de maus tratos no Mundo!!

.As minhas afilhadas de blog: - Nélia - Arte das Manas / - Teresa - Artxike

blog da Nélia
blog da Teresa

.Leilão Forumeiros

Leilão Forumeiros
blogs SAPO

.subscrever feeds