Quinta-feira, 19 de Setembro de 2019

Refúgio - Nora Roberts

Resumo- Jo Ellen, fotógrafa de renome, pensava ter fugido à casa chamada Refúgio há muito tempo. Ali passara os seus anos mais tristes, depois do desaparecimento inesperado da mãe. Contudo, a casa que encima as praias exóticas de uma ilha ao largo da Geórgia continua a assombrá-la. E agora, mais assustadoras ainda são as fotografias que alguém lhe começa a enviar: primeiros planos sinistros e puros, culminando no retrato mais chocante de todos, o da mãe... nua, bela e morta. Jo terá de regressar à ilha da sua infância e à família que procurou esquecer. Com a ajuda de um homem, descobrirá toda a verdade sobre o seu trágico passado. Mas o seu Refúgio pode revelar-se o local mais perigoso de todos...

«Muito satisfatório… Emocionalmente complexo, construído com grandes personagens e cenas de amor poderosas. É uma história para saborear muito depois de ter acabado de ler.»
Book Page

 

Concordo! Gostei! Recomendo!

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 11:22

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 11 de Setembro de 2019

Casamento em Dezembro - Anita Shreve

Resumo - Numa estalagem no Massachusetts, sete antigos colegas de escola reúnem-se para um casamento.Nora, a dona da estalagem, teve de reinventar recentemente a sua vida após a morte do marido. Avery, que ainda consegue ouvir os ecos de um terrível acontecimento passado vinte e seis anos antes, estabeleceu-se em Toronto com a mulher e os dois filhos. Agnes, que é actualmente professora de História, permanece solteira e anseia contar um segredo que chocaria toda a gente. Bridget, mãe de um rapaz de quinze anos, concordou, apesar da incerteza quanto à sua saúde e futuro, em casar-se com Bill, um antigo namorado do liceu que reencontrou recentemente.Na verdade, é Bill que deseja ardentemente que este casamento se realize e que reúne toda a gente para um surpreendente fim-de-semana de revelações e recriminações, perdão e redenção.

(imagem e texto de fnac.pt)

 

Uma história interessante!

Bem escrito!

Nada de especial a acrescentar...

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 01:26

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 30 de Agosto de 2019

Aquele Verão na Toscana - Domenica de Rosa

Resumo- Todos os anos, Patricia O'Hara abre as portas do seu magnífico castello do século XIII e organiza um curso de escrita criativa na deslumbrante região da Toscana. Mas este ano, algo paira no ar quando os sete aspirantes a escritores se juntam à beira da piscina para trocar mexericos, namoriscar e escrever o livro das suas vidas. Em pouco tempo, Mary, a solteira convicta, descobre os encantos de partilhar uma Vespa; o sedutor Jeremy rende-se a talentos que não apenas os seus e até a pragmática Patricia vai arranjar tempo para uma paixão acidental. Graças a esta mistura explosiva de egos e criatividade, segredos obscuros e visitantes inesperados, uma coisa é certa: nunca se assistiu a um Verão como este. Quando o curso chegar ao fim, as suas vidas terão mudado para sempre. E um deles chegará mesmo a escrever um livro.

(imagem e texto de fnac.pt)

 

A minha primeira leitura desta autora.

A minha impressão: Interessante para passar o tempo mas com pouco sumo. 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 12:51

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019

A Menina que roubava Morangos - Joanne Harris

Resumo - "O coração de Vianne Rocher, a encantadora e inquieta maga do chocolate, parece ter finalmente serenado. A vila de Lansquenet-sous-Tannes, que em tempos a rejeitou, é agora o seu lar. Com a filha mais velha, Anouk, a viver em Paris, Vianne dedica-se por inteiro à chocolaterie e a Rosette, a filha mais nova, a sua menina “especial”.

A acompanhá-las estão os seus amigos do rio, os extravagantes vizinhos, e o circunspecto padre Reynaud. Mas o vento, quando sopra, traz sempre mudanças… E estas começam com a morte de Narcisse, o temperamental florista. A vila fica em alvoroço pois Narcisse deixa não só uma surpreendente herança a Rosette, mas também uma inesperada confissão. Nada voltará a ser como dantes.

E quando uma loja nova abre onde antes se dispunham as magníficas flores de Narcisse, tudo parece um prenúncio de algo: um confronto, alguma turbulência, ou talvez até… um crime? Conseguirá Vianne impedir que o vento leve tudo o que lhe é mais querido? Há magia no ar. Há luz e sombra. Vingança e amor. Vinte anos depois da publicação de Chocolate, Joanne Harris regressa à pitoresca vila francesa num romance sobre a força do passado, o poder da memória e a aceitação das marcas que a vida deixa em nós. "

(imagem e texto de fnac.pt)

 

Excelente!

Adorei! 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 00:31

link do post | comentar | favorito
Sábado, 3 de Agosto de 2019

Sapatos de Rebuçado - Joanne Harris

 

Resumo- Após ter abandonado a aldeia de Lansquenet-sur-Tannes, cenário de chocolate, Vianne Rocher procura refúgio e anonimato em Paris, onde, juntamente com as suas filhas Anouk e Rosette, vive uma vida pacífica, talvez até mesmo feliz, por cima da sua pequena loja de chocolates. Não há nada fora de comum que as destaque de todos os outros. A tempestade que caracterizava a sua vida parece ter acalmado... Pelo menos até ao momento em que Zozie de Alba, a mulher com sapatos de rebuçado, entra de rajada nas suas vidas e tudo começa a mudar. Mas esta nova amizade não é o que parece ser. Impiedosa, retorcida e sedutora, Zozie de Alba tem os seus próprios planos - planos que vão despedaçar o mundo delas. E com tudo o que ama em jogo, Yanne encontra-se perante uma escolha difícil: fugir, tal como fez tantas outras vezes, ou confrontar o seu pior inimigo. Ela própria.Joanne Harris nasceu no Yorkshire, de mãe francesa e pai inglês. Estudou Línguas Modernas e Medievais em Cambridge e foi professora durante quinze anos. Durante este período publicou três livros: Maligna (1989), Valete de Copas e Dama de Espadas (1993) e o marcante Chocolate (1999), um retumbante sucesso internacional que a adaptação ao cinema (com Juliette Binoche e Johnny Depp) veio intensificar. A sua obra está atualmente publicada em quarenta países e foi galardoada com inúmeros prémios literários internacionais.

( texto de fnac.pt)

"Chocolate" foi o primeiro romance de Joanne Harris que li.

Já li várias das suas obras mas nenhuma me fascinou tanto como "Chocolate".

Já tinha lido "Sapatos de Rebuçado", mas decidi rever a história antes de ler "A Menina que Roubava Morangos", as duas obras continuação de "Chocolate". 

Adorei!

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 23:26

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 23 de Julho de 2019

Em Nome do Amor - Lesley Pearse

Sinopse - Katy Speed tem 23 anos e o sonho de viver em Londres, longe da pequena cidade de Bexhill-On-Sea e do temperamento difícil da mãe. Enquanto não consegue escapar, acompanha avidamente a vida de Gloria Reynolds, a simpática e glamorosa vizinha da frente. Para Katy, entediada com a pacatez do seu dia a dia, as estranhas movimentações na casa de Gloria são um alimento para a imaginação... Quem serão as mulheres que a visitam ao sábado num carro preto? E porque é que por vezes vêm acompanhadas de crianças? O certo é que essas atividades suspeitas provocam algum desconforto na comunidade. Uma noite, porém, um incêndio devastador vai por fim a tudo isso e também à vida de Gloria e da filha. Depressa se torna evidente que se tratou de fogo posto, uma notícia chocante para todos mas principalmente para Katy, pois o principal suspeito é o seu pai. Ela sabe que ele é inocente. E vai fazer tudo para o provar... nem que para isso tenha de arriscar a própria vida. Romance de amor e história de coragem, Em Nome do Amor é uma incursão perturbante ao lado negro das relações humanas. No magnífico retrato de uma época já distante, a autora bestseller trata com profundidade e coragem temas tremendamente relevantes ainda nos dias de hoje.

(imagem e texto de fnac.pt)

 

Sou fã de Lesley Pearse!

Li todos os seus livros publicados em Portugal.

Gostei deste romance mas achei-o mais pobre do que todos os outros que li.

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 17:34

link do post | comentar | favorito
Sábado, 13 de Julho de 2019

Peónia - Pearl S. Buck

Sinopse
 
A história de um amor impossível na China do século XIX.
 
China, década de 1850. Peónia, uma criança chinesa, é vendida como serva a uma família judia rica de Kaifeng. Os judeus viveram durante centenas de anos nessa região do país mas, em meados do século XIX, a assimilação começou a afetar a sua comunidade. Peónia e o filho da família, David, crescem juntos e, quando se apaixonam um pelo outro, irão enfrentar uma forte oposição de todos os lados. A tradição proíbe o seu casamento, e a família já tem em mente a filha de um rabino para mulher de David. Entretanto, Peónia tem também um conflito interior para resolver – o confronto entre o seu amor por David e a devoção à família adotiva.
Baseado em factos históricos, Peónia é um romance há muito celebrado pelo tratamento subtil e imparcial das tradições em colisão. Uma história envolvente sobre amor, identidade e a tragédia e a beleza que se encontram na interseção de duas culturas díspares.
 
(texto de www.leyaonline.pt)
 
PEARL S. BUCK
 

PRÉMIO NOBEL DA LITERATURA 1938

Escritora norte-americana, Pearl Sydenstricker Buck nasceu a 26 de junho de 1892, em Hillsboro, no estado da Virgínia Ocidental. Filha de um missionário que dedicou muitos anos de vida à tradução da Bíblia da língua grega para a chinesa, Pearl Buck passou, em consequência, a sua infância na China. Educada pela mãe e por um professor particular chinês, estudioso do confucionismo, aprendeu este idioma antes de poder falar inglês. 
Em 1907 foi enviada para um colégio interno em Xangai, onde estudou até 1909. Seguiu-se um período em que colaborou com uma associação de refúgio e apoio a prostitutas e escravas sexuais chinesas. Viajou depois para os Estados Unidos da América, com o intuito de prosseguir a sua educação, estudando Psicologia no Randolph-Macon Woman's College da Virgínia.
Tendo recebido o seu diploma em 1914, regressou à China para ocupar o cargo de professora numa missão presbiterana, mas a sua mãe adoeceu gravemente, pelo que Pearl Buck teve que passar dois anos a cuidar dela. Quando esta conseguiu recuperar, Pearl Buck foi viver com o Dr. John Lossing Buck, um agrónomo com quem tinha casado pouco tempo antes, para uma aldeia no Norte da China. 
Passou então a trabalhar com o marido, viajando pelas áreas rurais como sua intérprete e desempenhando também as funções de professora. O casal mudou-se para Nanquim no início da década de 20, onde Pearl Buck trabalhou como professora universitária das cadeiras de Literatura Inglesa e Norte-Americana. 
Em 1924 regressou aos Estados Unidos da América, em busca de auxílio médico especializado para a sua filha mais velha que sofria de um atraso mental. Recebeu a licenciatura em Literatura pela Universidade de Cornell em 1926. O casal tornou à China no ano seguinte, mas teve que ser evacuado pouco depois para o Japão, em consequência da eclosão da Guerra Civil Chinesa. 
Em 1930 publicou o seu primeiro romance, East Wind: West Wind, modestamente acolhido pela crítica. Seguiu-se-lhe The Good Earth (1931), romance original por conseguir conciliar uma prosa de tom bíblico com a estrutura das sagas narrativas chinesas. A obra seria vencedora de um Prémio Pulitzer, e tornada em filme em 1937. 
Em 1935 divorciou-se do primeiro marido para casar com o seu editor, Richard Walsh, com quem foi viver para a Pennsylvania. No ano seguinte, foi nomeada membro do Instituto Nacional das Artes e Letras norte-americano. Em 1938 tornou-se a primeira mulher norte-americana a ser alguma vez galardoada com o Prémio Nobel. 
Em 1939 publicou The Patriot, obra em que a autora deixava transparecer a sua desilusão quanto à possibilidade de cooperação entre os povos. Optou por se orientar para uma vertente mais humana, lutando pelos direitos e melhoria das condições das crianças asiáticas, muitas delas fruto de relações entre ocidentais e asiáticas, e assim estigmatizadas e abandonadas. Assim, dedicou algumas obras a essas relações inter-raciais, como The Angry Wife (1949) e The Hidden Flower (1952). Pearl Buck e o seu marido empreenderam esforços em favor de causas humanitárias, que culminaram com a criação da Fundação Pearl Buck. 
Após a morte de Richard Walsh, Buck deu início a uma relação com Ted Harris, um professor de dança cerca de quarenta anos mais jovem, e que veio a tomar conta da Fundação Pearl Buck. 
A autora faleceu a 6 de março de 1973, em Danby, no estado do Vermont.

(texto de www.wook.pt)

 

Pearl S. Buck foi a primeira grande escritora da minha adolescência.

O seu romance "A Flor Oculta" foi o primeiro que li, que me tornou sua fã e me cativou para a leitura.

A seguir li todos os seus romances editados em Portugal.

Há mais de trinta anos que não lia Pearl S. Buck!

Numa das minhas recentes visitas a uma das livrarias que frequento, encontrei "Peónia" e decidi reler. 

Maravilhoso!

 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 01:05

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 1 de Julho de 2019

A Casa de Charles Street - Danielle Steel

Sinopse- De desconhecidos a amigos, de amigos a família…
Na sequência do seu divórcio e dos problemas financeiros que se seguiram, Francesca sente-se desesperada. Sozinha, teme não ser capaz de suportar a casa encantadora onde vive e, como solução de recurso decide alugar uma parte dela. Pouco a pouco, a casa vai readquirindo vida: primeiro com Eileen, uma jovem professora da Califórnia, depois com Chris, um pai divorciado, e, finalmente, com Marya, uma cozinheira notável que perdeu o marido. Rapidamente, uma feliz cumplicidade instala-se entre os companheiros da casa. Contagiada por esta nova energia, Francesca volta a sentir-se com forças para reabrir o coração e procurar o amor...

Ao longo de um ano assombroso, inesquecível e que, em última análise, vai alterar muitas vidas, a casa do número 44 de Charles Street enche-se de risos, de mágoas e, sempre, de esperança.

(imagem e texto de bertrand.pt)

 

Leitura muito agradável!

Leitura com cheirinho a férias! 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 16:43

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 26 de Junho de 2019

O Jardim das Flores de Pedra - Deborah Smith

SINOPSE

Para Darl Union, a vida em Burnt Stand, na Carolina do Norte, foi sempre uma estranha mistura de riqueza, privilégio e solidão. Criada pela avó, uma mulher tão fria e dura como a pedreira de mármore que é a herança da família, o amor é-lhe estranho até ao dia em que se apaixona perdidamente por Eli Wade, o filho de um canteiro.

Porém, o amor adolescente e puro cedo se vê comprometido por uma teia de mentiras e de morte: o pai de Eli é considerado o responsável pelo desaparecimento da tia-avó de Darl e, embora inocente, acaba por ser morto. 

Mas agora, vinte e cinco anos depois, há segredos que podem literalmente vir à superfície – e Darl e Eli têm finalmente uma hipótese de enfrentar e resolver o passado.
 
 
 
Maravilhoso o mais recente romance de Deborah Smith!
Adorei!
Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 12:33

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 24 de Junho de 2019

Um Verão em Veneza - Nicky Pellegrino

Resumo - Addolorata – mais conhecida como Dolly – sabe que devia sentir-se feliz. Vive em Londres, é apaixonada pelo seu restaurante Little Italy, pelo marido e pela filha pequena. Mas algo não está bem. Dolly parece ter perdido a alegria. A vida familiar caiu na rotina e o restaurante sofre com os sítios da moda. A gota que faz transbordar o copo chega sob a forma de Guy Rochester – um crítico gastronómico influente que arrasa o Little Italy na sua crónica semanal.
Desejosa de aventura e com as duras palavras de Guy na cabeça, Dolly faz o impensável. Deixa Londres, o marido e a filha e parte sozinha para umas férias em que planeia reencontrar a alegria que era tão sua até há pouco… antes de a responsabilidade da vida adulta a sufocar e transformar numa mulher quase irreconhecível.  
É em Veneza que conhece a excêntrica Coco, que lhe vai abrir as portas para o modo de vida veneziano. Enfeitiçada pela cidade, pelos seus labirintos de canais, pontes e piazzas, e arrebatada pelas iguarias de fazer crescer água na boca, Dolly decide ficar até ao final do verão. Na sua busca pelos prazeres mais simples da vida, elabora uma lista das dez coisas que a deixam mais feliz.
Mas haverá algum lugar nessa lista para aquilo que deixou para trás? Uma exuberante fusão de cores e sabores pela mão exímia de Nicky Pellegrino, uma das escritoras mais queridas das leitoras portuguesas.

(imagem e texto de fnac.pt)

 

Em "Um Ano em Veneza" recordei algumas semelhanças com "Um Verão em Veneza".

Apeteceu-me voltar a ler.

É sempre tão agradável ler Nicky Pellegrino!

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 17:07

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 17 de Junho de 2019

Um Ano em Veneza - Nicky Pellegrino

Resumo- Kat é uma aventureira de alma e coração. De tal modo que ganha a vida a viajar para os lugares mais recônditos, a experimentar as iguarias mais exóticas e a escrever sobre as suas experiências. E agora está prestes a embarcar na aventura mais louca de sempre: um relacionamento amoroso. Perdidamente apaixonada, ela está disposta a ultrapassar todas as barreiras. Massimo é italiano e Kat não tem meias medidas: vai viver com ele para Veneza, ajudá-lo a gerir a sua guesthouse, o Hotel Gondola, explorar a cidade e documentar as suas vivências. Tudo é uma novidade repleta de encanto... os aromas, os sabores, as cores vibrantes dos canais, as pessoas com quem se cruza, e até o homem que a fez querer assentar.Mas Kat já devia saber que o grande problema das aventuras é que nunca correm da forma que esperamos... Romântico e delicioso, o novo livro de Nicky Pellegrino transporta-nos para as ruas e os canais de La Serenissima, onde não faltarão é claro! os mais ricos e saborosos petiscos venezianos.

(imagem e texto de fnac.pt)

 

Adorei! Claro!

Escrito por Nicky Pellegrino só podia gostar!

 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 18:30

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 29 de Maio de 2019

A Quinta do Pinheiro - Adelaide Passos

Resumo:

TODAS AS FAMILIAS TÊM UMA HISTÓRIA PARA CONTAR

Décadas depois da morte da sua avó Angélica, Camila, sente o apelo para visitar a quinta no Douro  em que seus antepassados viveram e decide retornar de África.

Ao mesmo tempo, Vitória, bisneta de Angélica, parte do Brasil para Portugal, com objetivo de desbravar suas origens e tentar conhecer um pouco mais da história de sua bisavó Angélica, sobre quem ouviu tantas histórias quando criança.

Ao visitarem o lugar em que a matriarca da família viveu até o último de seus dias, neta e bisneta encontram-se pela primeira vez e buscam juntas respostas que já sabem não conseguir encontrar sozinhas. E, para isso, contam com a ajuda de laços afetivos de outras vidas para o entendimento do real propósito de suas vidas.

Com uma narrativa sensível e comovente, características marcantes dos livros  de Adelaide Passos, A Quinta do Pinheiro conta a saga de uma família marcada pela força das suas mulheres. É um romance sobre reencontro e autoconhecimento, que nos leva a descobrir o poder das relações que realmente importam.

“É preciso reconhecer que nossa jornada tem percalços. Todos passamos por momentos de alegria, mas também de desespero. O que nunca devemos é deixar de seguir adiante.”

(imagem e texto de fnac.pt)

 

Interessante, muito bem escrito, reflexivo, mas muito nostálgico!

 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 00:05

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 20 de Maio de 2019

As Calhoun - Nora Roberts

Resumo:

Quatro mulheres , quatro histórias e enredos emocionantes com um apelido comum - As Calhoun. 

Nora Roberts é a autora número um de vendas no The New York Times e «a Escritora favorita da América», conforme a descreveu a revista The New Yorker. Mais de quatrocentos milhões de exemplares impressos dos seus livros demonstram a sua enorme popularidade em todo mundo. 

"Cortejando Catherine": 
A intenção de Trenton St. James III era comprar a mansão Towers e transformá-la num hotel. No entanto, Catherine Calhoun e as suas irmãs estavam relutantes em vender a casa da família, mesmo que a sua tia Coco tivesse concordado por causa da impossibilidade de a manter. 

"Um Homem Para Amanda": 
Sloan O’Riley era o arquiteto responsável pela conversão de uma parte da Towers, a mansão em que viviam as Calhoun, num hotel com spa e, desde o primeiro momento em que se conheceram, tornou-se uma pessoa insuportável para Amanda Calhoun. Contudo, enquanto a ajudava a procurar o colar de esmeraldas que a sua bisavó, Bianca Calhoun, tinha escondido na casa, Amanda descobriu que era mais amável e atraente do que pensara ao princípio. 

"Pelo Amor de Lilah": 
A sensual Lilah Calhoun salvou o professor Max Quatermain de morrer afogado. Entre eles produziu-se imediatamente uma atração que ambos insistiam em negar, porque o amor não encaixava nos seus planos. 
Mas, então, a vida de Lilah foi ameaçada por um ladrão de joias que pretendia encontrar o colar de esmeraldas da sua bisavó... 

"A Rendição de Suzanna": 
Suzanna Calhoun e as suas irmãs pediram ajuda ao polícia Holt Bradford para encontrar o colar de esmeraldas da sua bisavó. Além disso, sabiam que Holt era o neto do homem que Bianca sempre amara, então, talvez ele tivesse alguma informação sobre o paradeiro do colar. 
Holt sempre sentira uma atração especial pela inacessível Suzanna e, finalmente, teve a oportunidade de proteger a sua vida e tentar fazer com que se interessasse por ele.

(imagem e texto de fnac.pt)

 

Uma leitura agradável, ótima para descontrair!

Gostei! 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 18:46

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 9 de Abril de 2019

A Bibliotecária de Auschwitz - António Iturbe

 

Resumo- Auschwitz-Birkenau, o campo do horror, infernal, o mais mortífero e implacável. E uma jovem que teima em devolver a esperança. Sobre a lama negra de Auschwitz, que tudo engole, Fredy Hirsch ergueu uma escola. Num lugar onde os livros são proibidos, a jovem Dita esconde debaixo do vestido os frágeis volumes da biblioteca pública mais pequena, recôndita e clandestina que jamais existiu. No meio do horror, Dita dá-nos uma maravilhosa lição de coragem: não se rende e nunca perde a vontade de viver nem de ler porque, mesmo naquele terrível campo de extermínio nazi, «abrir um livro é como entrar para um comboio que nos leva de férias».

(imagem e texto de fnac.pt)

 

Maravilhoso! Adorei!

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 22:01

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 14 de Março de 2019

A Rapariga de Auschwitz - Eva Schloss

SINOPSE
Milhares de leitores em todo o mundo conhecem a história de Anne Frank, a adolescente cuja vida terminou em Bergen- Belsen durante o Holocausto.


Em A Rapariga de Auschwitz, vão conhecer a sua irmã e companheira de brincadeiras: Eva Schloss. Apesar de, ter sido levada para Auschwitz com apenas quinze anos, a sua história não terminou aí. Ela conseguiu sobreviver.

Este livro incrível é a memória viva dos acontecimentos que marcaram esse período tão dramático da história mundial.

Um relato lúcido e absorvente da vida no meio dos horrores da guerra, realçando o amor entre uma mãe e uma filha, e a força e a determinação que ajudaram a superar a mais profunda das noites.

 

EVA SCHLOSS

Eva Schloss tem agora 82 anos e vive com o marido, Zvi, no norte de Londres. Depois da guerra tornou-se fotógrafa profissional (usando a máquina Leica que Otto Frank lhe oferecera) e, mais tarde, abriu uma loja de antiguidades em Edgware, que geriu ao longo de décadas. Foi cofundadora do Instituto Anne Frank em 1990 e, desde então, tornou-se conhecida pelo seu papel como oradora, dando palestras em escolas e prisões, alertando para os perigos do preconceito e da intolerância. Pelo seu papel fundamental na divulgação e na educação relativas a esta problemática, foi galardoada com a Ordem do Império Britânico, em 2012.

(imagens e textos de wook.pt)

 

Impressionante!

Todas as pessoas deviam ler este livro!

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 17:46

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.Bem vindos ao meu blog!!!

.pesquisar

 

.Setembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Refúgio - Nora Roberts

. Casamento em Dezembro - A...

. Aquele Verão na Toscana -...

. A Menina que roubava Mora...

. Sapatos de Rebuçado - Joa...

.arquivos

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

.Tags

. todas as tags

.links

.Visitas a partir de 28-Dezembro-2009

provided by Inteliture.com
Inteliture.com

.professora

.Selinhos recebidos

.Velas acesas, uma por cada um dos membros da minha família, pela paz, e para que se acabem todos os tipos de maus tratos no Mundo!!

.As minhas afilhadas de blog: - Nélia - Arte das Manas / - Teresa - Artxike

blog da Nélia
blog da Teresa

.Leilão Forumeiros

Leilão Forumeiros
blogs SAPO

.subscrever feeds