Quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2021

Adam - A vida começa às 6:40 / Deus abençoe este escritório... / Aaahh, segunda-feira... - Brian Basset

A vida começa às 6:40

Resumo - O segundo álbum da série Adam publicado em Portugal, narra-nos as aventuras de uma família que deve muito pouco às convenções: enquanto Laura, a mãe, enfrenta os desafios de uma carreira profissional, Adam, o pai, toma a seu cargo a lida doméstica e a educação dos três filhos: Clayton, Katy e o bebé Nick. É nesta inversão dos papéis familiares tradicionais que Brian Basset funda o humor e a ironia que caracterizam as suas páginas, oferecendo-nos um olhar cheio de ternura sobre o quotidiano de uma família dos anos 90.
A vida de Adam começa, pois, às 6:40 e prossegue a um ritmo imbatível. Entre as trouxas de roupa suja, as experiências culinárias e as birras dos três rebentos, os contratempos sucedem-se e nada parece correr como planeado. Mas será tudo, afinal, por uma boa causa: o prazer do leitor.

(goodreads.com)

 

Deus abençoe este escritório...

Resumo- Desde a roupa cheia de manchas de comida de bebé ao terror das finanças, dos longos passeios familiares às amizades geradas por computador, Adam retrata o lado mais divertido da vida familiar, enquanto se conciliam compromissos, carreiras e vida social. Através de tudo isto, Adam e Laura conseguem manter os pés bem assentes na terra graças a uma gigantesca dose de humor.
Tal como os anteriores volumes de Adam, Deus abençoe este escritório... com benefícios fiscais! vai tocar fundo no coração dos milhares de fãs que se habituaram ao olhar singularmente divertido de Adam sobre a vida, e especialmente agora que continua a aumentar o número de pessoas que trabalham a partir de casa. Quer sejam mamãs ou papás que ficam em casa, quer sejam profissionais de carreira, ninguém ficará indiferente a este livro verdadeiramente divertido de um dos mais talentosos cartoonistas da actualidade.

(bertrand.pt)

 

Aaahh, segunda-feira...

Resumo- A seguir aos fins-de-semana e feriados devia ser obrigatoriamente feriado — e nunca segunda-feira. Isto é tão simples que até um patrão é capaz de entender — como é possível ser produtivo no trabalho se na véspera não se pensou em trabalho? Bem-vindo a mais uma saga telelaboral de Adam, o empregado que também é patrão (ou, se quiser, o patrão que também é empregado). Acompanhe os seus longos dias, em especial os mais longos de todos, as segundas-feiras. Aprenda com ele os truques de sobrevivência do empregado que está verdadeiramente por conta própria — ou bendiga a sua sorte por ter um patrão que toma conta de si.

(bertrand.pt)

 

Brian Basset

BIOGRAFIA

Brian Basset nasceu em Norwalk, Connecticut. Estudou Belas Artes na Universidade de  Ohio State e tornou-se cartunista político, trabalhando mais tarde no Seattle Times de 1978 a 1994.

Em 1984 criou um cartoon ADAM sobre um pai de três filhos que tele-trabalha e uma mulher trabalhadora. A tira, que mostrava fortes semelhanças com a vida pessoal de Basset, passou a designar-se 'Adam @ Home' depois da saída de Basset do Seattle Times em 1995.

Passou depois a dedicar todo o seu tempo à série  'Red and Rover', uma história em banda desenhada  sobre a amizade, o amor e a lealdade entre um menino e um cão, que criou no ano 2000.

(gradiva.pt)

 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 22:24

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 19 de Fevereiro de 2021

Adam - Prisão Domiciliária / Lar, Doce escritório - Brian Basset

Sinopse - ADAM Prisão domiciliária?! Mas então não é este Adam o tal privilegiado que trabalha - supostamente - em casa, mas passa o dia a beber lattes nas cafetarias da Baixa, no té-té-té com os outros teletrabalhadores? Era, mas agora os filhos entraram de férias grandes. Agora o sossego acabou, e a grande ambição de Adam, o homem que se decidiu pelo teletrabalho porque o seu salário não dava para pagar o jardim-de-infância, é voltar a ser trabalhador por conta de outrem...

Sinopse - Teletrabalho, ou dou-me ao descanso? Este é o dilema diário de Adam, o novo Adão, o homem que passou a trabalhar em casa, porque o que ganhava não pagava o infantário dos miúdos. E esta tira é a bíblia de todos os que ainda vivem a ilusão de mandarem o patrão dar uma volta para começarem a trabalhar em casa.

Pois, é que teletrabalho não é para qualquer um. Não é certamente para Adam, incapaz de consagrar ao trabalho mais horas do que à lida (deficiente) da casa, ao cuidado (ocasional) dos filhos, ao exercício (constante) do zapping e à saída (permanente) para experimentar as últimas lattes das cafetarias da Baixa.

Mas que é que se há-de fazer? Cada um é como cada qual, e ninguém é como realmente. E há alguém que fica sempre a ganhar: as legiões crescentes de fãs do Adam espalhadas por todos os fusos horários, que vão divertir-se com mais este volume de aventuras e desventuras domésticas do seu anti-herói favorito.

(imagens e textos gradiva.pt)

 

--------------------------

Estes dois álbuns são totalmente apropriados para o confinamento e teletrabalho que estamos vivendo...

 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 14:26

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 18 de Fevereiro de 2021

As aventuras de Spirou e Fantásio - O Fazedor de ouro - Fournier

O fazedor de ouro (Le faiseur d'or), 1969, Fournier, Álbum Público/ASA [2007]

 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 23:16

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 17 de Fevereiro de 2021

Spirou e Fantásio - O prisioneiro do Buda - Franquin, Jidéhem e Greg

O prisioneiro de Buda (Le prisonnier de Boudha), 1958, Franquin, Jidèhem, Greg.

--------------

Adoro as personagens e as aventuras de Spirou e Fantásio!

 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 19:36

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 16 de Fevereiro de 2021

A natureza não está confinada, nós é que estamos!

Após uma manhã frustrante de aulas online, em luta com a Net que teimou em não colaborar... e a enxaqueca que veio para ficar...

... tive que sair de casa e confirmar que a natureza não está confinada, que ainda existe ar puro para respirar, que as águas do mar continuam a agitar-se e as plantas a florir.

Não fiquei com problemas de consciência por esta minha escapadela!

Não estive num espaço cheio de gente, quase não vi pessoas durante este pequeno passeio, não estive a confraternizar com ninguém, apenas respirei!

(foto de Victor Pereira)

(foto de Victor Pereira)

publicado por Adelaide Pereira às 22:58

link do post | comentar | favorito
Sábado, 13 de Fevereiro de 2021

Guardada no coração!

"Promete que vai se cuidar quando eu não estiver mais por perto, que vai guardar minhas palavras numa caixinha secreta.
Promete que não vai desistir dos seus sonhos, que vai refazer muitos planos e não vai desistir de você.
Promete não me esquecer, que vai me lembrar num dia de chuva ou quando a noite silenciar o dia.
Promete não se abandonar nessa estrada, que vai se dar colo quando vier o cansaço e não vai deixar de sorrir.
Me guarda no seu coração, leva o meu carinho pra rua.
Me ajeito em qualquer cantinho.
Só não me esqueça numa gaveta escura..."
 
Eunice Ramos
 
(facebook.com)
 
-----------------------------------
 
Faz hoje 10 meses que a minha mãe partiu!
Não me foi permitido dar-lhe um último abraço nem um beijo de despedida!
Continuará para sempre a viver nos nossos corações!
 

 

publicado por Adelaide Pereira às 17:19

link do post | comentar | favorito (1)

Tricotar para aliviar a dor!

Tricotar para aliviar a dor

 

Reduz o stress, ajuda a reduzir o batimento cardíaco e até ajuda a aliviar a dor crónica. Falamos de tricô e do que esta atividade pode fazer pela sua saúde.
 

Muito para lá da necessidade de produzir peças em lã, o tricô tem-se tornado numa atividade de tempos livres bastante reconfortante.

A verdade é que vários estudos, realizados um pouco por todo o mundo, têm mostrado os inúmeros benefícios que esta atividade tem para a saúde.

Stress, ansiedade, depressão e dor crónica beneficiam, e muito, com o tricô.

A Clínica da Dor do Royal United Hospital, no Reino Unido, conduz, desde 2006, sessões de tricô como forma de terapia. A conclusão é que, esta atividade, tem resultado na diminuição da dor e da necessidade de recurso a medicação para a combater.

O psicólogo responsável por este trabalho, Mike Osborn, admite que tricotar consegue ajudar os pacientes como nenhuma outra técnica, ou tratamento.

Os estudos, que têm vindo a ser realizados nesta área, demonstram que quando uma pessoa está a criar algo, neste caso a tricotar, o organismo deixa de ter capacidade de monitorizar, simultaneamente, a forma como o corpo se sente.

Além disso, os movimentos repetitivos do tricô ativam o sistema nervoso parassimpático permitindo aliviar o stress.

Um inquérito realizado a 3500 praticantes regulares de tricô, publicado no British Journal of Occupational Therapy, revelou que quanto mais as pessoas tricotam mais calmas e felizes se sentiam.

Está provado que, quando fazemos algo que nos dá prazer, o organismo liberta uma substância designada dopamina. Os cientistas acreditam que esta substância existe para nos incentivar a repetir atividades que nos ajudam a sobreviver, como comer ou fazer sexo. Assim sendo, por si só a dopamina é um anti-depressivo natural.

Por outro lado, tricotar faz ativar diferentes circuitos cerebrais, protegendo o cérebro dos problemas normais do envelhecimento.

Atividades que promovam a sua estimulação intelectual são capazes de ajudar a prevenir a atrofia cerebral ou demência.

Por todos estes motivos, vale bem a pena tirar as agulhas do baú e dar asas à imaginação. E quanto mais complexo o padrão do tricô, mais o seu cérebro lhe agradece. Esta complexidade permite aumentar a elasticidade cerebral, dizem os entendidos.

Autor: 
Sofia Esteves dos Santos
 
 
 
--------------------------
 
Hoje, o meu filhote Pedro enviou-me esta foto de uma grinalda com flores de crochet que alguém colocou no parque perto da sua casa em Londres...
 

 

 
 
publicado por Adelaide Pereira às 17:16

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 12 de Fevereiro de 2021

Dia de Darwin - 12 de fevereiro

Dia 12 de fevereiro, comemora-se o Dia Internacional de Darwin, em homenagem ao cientista inglês  Charles Darwin (1809-1882), nascido a 12 de fevereiro de 1809.

Darwin foi o primeiro cientista a explicar com rigor a evolução biológica, por intermédio da seleção natural, na sua obra mestra “A Origem das Espécies“.

Darwin formulou a Teoria da Evolução, defendendo que as formas de vida evoluem lenta, mas continuamente, através dos tempos.

Eu, junto à estátua de Charles Darwin, no Natural History Museum, Londres.

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 21:50

link do post | comentar | favorito

Adam - Carrinha Laroca / Café Adam - Brian Basset

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 15:36

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 11 de Fevereiro de 2021

Camisola bordeaux, cinzento e branco

Uma camisola nova em crochet!

A lã bordeaux era de um colete que já não usava e poucas vezes usei e que desmanchei para voltar a utilizar porque é de boa qualidade e gosto da cor.

As lãs cinzentas e branca sobraram de outros trabalhos.

Utilizando o modelo e medidas utilizadas para a camisola amarelo mostarda em crochet, conjuguei estas quatro lãs, de marcas diferentes mas de qualidade e grossura semelhantes, e surgiu uma nova camisola.

Adorei o resultado!

publicado por Adelaide Pereira às 15:46

link do post | comentar | favorito

Baú das recordações!

Do baú das recordações da minha irmã sairam duas peças que constituem uma lembrança maravilhosa confecionada há 31 anos!

O xaile e a touca que realizei para o enxoval do meu filho Pedro antes do seu nascimento. Depois foi usada pela minha filha Ana e, em seguida, pelos meus sobrinhos Zé e João.

O xaile foi feito numa lã muito macia, na minha antiga máquina de tricotar (uma das últimas peças que fiz na máquina!) e a borda em crochet.

A touca foi feita em crochet seguindo um modelo bastante antigo.

Ambas as peças usaram fita de cetim azul que foi trocada por cor de rosa para a Ana.

 

publicado por Adelaide Pereira às 11:02

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 10 de Fevereiro de 2021

Taça para suporte de fios

A minha filhota ofereceu-me uma lembrança de aniversário linda e muito útil: Uma tijela em madeira para suporte dos fios durante a realização de trabalhos de crochet e tricot. 

 

publicado por Adelaide Pereira às 18:45

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 9 de Fevereiro de 2021

Adam - Trabalho infantil / Maldita cafeína - Brian Basset

Sinopse- Sempre se soube que as crianças, por natureza própria, crescem. O problema é que, hoje em dia, crescem mais do que os pais. E ultrapassam-nos em tudo, seja a reparar o computador, a programar o DVD, a discutir o aquecimento global, ou a... ganhar dinheiro.
Bem-vindos ao mundo de pernas para o ar de Adam, o teletrabalhador que é todos os dias cilindrado pelos filhos. E descubra que, às vezes, o trabalho infantil é sobretudo mau... para os pais.

Sinopse- Ah, a cafeína... não se pode trabalhar sem ela, não se pode trabalhar com ela! Pelo menos, quando falamos de ADAM, que aproveita todas as idas à cafetaria para ficar longe do trabalho (sentido original do conceito de teletrabalho). E, desta vez, a sua fidelidade é recompensada, pois a sua cafetaria favorita cria uma bebida de café concebida em conjunto com ele (paga, é claro, mas estamos na América...). Ah, a vida não poderia correr melhor. Só é pena um dia, ou melhor, ao fim do dia, ter de voltar para casa. É que o café feito na máquina doméstica não se compara ao café dos grandes espaços. 

(imagens e textos gradiva.pt)

-----------

Fantástico! Isto é humor!

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 00:27

link do post | comentar | favorito
Sábado, 6 de Fevereiro de 2021

Bom fim de semana!

 

publicado por Adelaide Pereira às 19:57

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 5 de Fevereiro de 2021

Adam - Pai só há um! - Brian Basset

Sinopse- «Brian é senhor de um desenho extraordinariamente engraçado e escreve lindamente -- duas ferramentas básicas para sobreviver no mundo das trivialidades domésticas e das contas por pagar. A profundidade de sentimentos que ele consegue projectar num gesto de total exasperação, no olhar acutilante da cônjuge amuada ou na expressão de desprezo de um miúdo de oito anos diz-me que ele já passou por tudo isso -- e sobreviveu para contar a história! A capacidade de produzir tiradas como «Quanto é que devemos à baby-sitter? -- A nossa gratidão eterna... e 5 contos» é um dom raro e invejável que ele utiliza melhor do que ninguém!»

 

BRIAN BASSET

Brian Basset nasceu em Norwalk, Connecticut. Estudou Belas Artes na Universidade de  Ohio State e tornou-se cartunista político, trabalhando mais tarde no Seattle Times de 1978 a 1994.

Em 1984 criou um cartoon ADAM sobre um pai de três filhos que tele-trabalha e uma mulher trabalhadora. A tira, que mostrava fortes semelhanças com a vida pessoal de Basset, passou a designar-se 'Adam @ Home' depois da saída de Basset do Seattle Times em 1995.

Passou depois a dedicar todo o seu tempo à série  'Red and Rover', uma história em banda desenhada  sobre a amizade, o amor e a lealdade entre um menino e um cão, que criou no ano 2000.

 

(gradiva.pt)

---------------------

Para descansar a mente dos problemas relacionados com o E@D , comecei a reler a série Adam. 

Fantástico!

 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 20:23

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.Bem vindos ao meu blog!!!

.pesquisar

 

.Abril 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Quem corre por gosto não ...

. Descansa em paz, Mãe!

. Uma Vida no Nosso Planeta...

. Pernas elegantes nem daqu...

. Lembranças que aguardaram...

.arquivos

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

.Tags

. todas as tags

.links

.Selinhos recebidos

.Velas acesas, uma por cada um dos membros da minha família, pela paz, e para que se acabem todos os tipos de maus tratos no Mundo!!

.As minhas afilhadas de blog: - Nélia - Arte das Manas / - Teresa - Artxike

blog da Nélia
blog da Teresa

.Leilão Forumeiros

Leilão Forumeiros
blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub