Quinta-feira, 20 de Julho de 2017

E se alguém nos oferece peixe...

Atualmente, devido a tantos incidentes que ocorrem um pouco por todo o mundo e que diariamente nos chegam através das noticias, perdemos a fé e a esperança em todos os que nos rodeiam. Estamos sempre receosos de tudo e de todos!

Na terça feira passada aconteceu algo que me fez refletir sobre esta situação de desconfiança permanente em que vivemos.

Passamos uns dias na nossa casa de praia. Um cheirinho a férias! Uma pequena interrupção para recuperar energias e retomar o trabalho...

Como de costume, abancamos a maior parte do tempo no varandim, com uma vista maravilhosa de campo e de mar.  

Uma senhora (inglesa?) que nunca tinhamos visto e que se encontrava de férias numa casa vizinha acercou-se do nosso varandim.

Explicou que tinham ido à pesca, tiveram muita sorte e pescaram mais do que necessitavam... e perguntou se aceitavamos a oferta de alguns peixes.

Fiquei sem palavras!

Hesitei entre aceitar uma oferta de alguém completamente desconhecido (Podia ser uma cilada!) e a vergonha de dizer que não aceitava (Podia ser uma pessoa de bem!).

Aceitei, agradeci, a senhora despediu-se a agradecer termos aceitado a sua oferta, e o jantar foi peixe!

IMG_0094.JPG

"Jesus partiu para a outra margem do mar da Galiléia (ou seja, do mar de Tiberíades),  e grande multidão continuava a segui-lo, porque vira os sinais miraculosos que ele tinha realizado nos doentes. Então Jesus subiu ao monte e sentou-se com os seus discípulos. Estava próxima a festa judaica da Páscoa. Levantando os olhos e vendo uma grande multidão que se aproximava, Jesus disse a Filipe: “Onde compraremos pão para esse povo comer?” Fez essa pergunta apenas para pô-lo à prova, pois já tinha em mente o que ia fazer. Filipe lhe respondeu: “Duzentos denários não comprariam pão suficiente para que cada um recebesse um pedaço!” Outro discípulo, André, irmão de Simão Pedro, tomou a palavra: “Aqui está um rapaz com cinco pães de cevada e dois peixinhos, mas o que é isto para tanta gente?” Disse Jesus: “Mandem o povo assentar-se”. Havia muita grama naquele lugar, e todos se assentaram. Eram cerca de cinco mil homens. Então Jesus tomou os pães, deu graças e os repartiu entre os que estavam assentados, tanto quanto queriam; e fez o mesmo com os peixes. Depois que todos receberam o suficiente para comer, disse aos seus discípulos: “Ajuntem os pedaços que sobraram. Que nada seja desperdiçado”. Então eles os ajuntaram e encheram doze cestos com os pedaços dos cinco pães de cevada deixados por aqueles que tinham comido."

(Evangelho segundo S.João)

 

Será que alguém naquela multidão hesitou antes de aceitar o pão e o peixe que lhe era oferecido?

 

publicado por Adelaide Pereira às 23:18

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 10 de Fevereiro de 2017

Don't give up!

15823428_10154124726647371_7077154332204019941_n.j

 

publicado por Adelaide Pereira às 09:03

link do post | comentar | favorito (2)
Domingo, 29 de Janeiro de 2017

Pensamento

16387111_1569771786383744_4475217812886489111_n.jp

 

publicado por Adelaide Pereira às 12:07

link do post | comentar | favorito (1)
Sexta-feira, 6 de Janeiro de 2017

Tricotar um bocadinho por dia nem sabe o bem que lhe fazia!

Foto de Fátima Dinis.

 

Há muito tempo que adoptei esta prática e posso comprovar os seus efeitos positivos a vários níveis.

Existe um prazer especial em me levantar cedo, quando toda a familia ainda dorme, principalmente nos dias em que as dores msculares me tiram a vontade de iniciar um dia de trabalho, e tricotar ou crochetar durante uns minutos...

A paz instala-se, as dores perdem importância, e aparece a coragem para enfrentar os meus pestinhas!

Quando chego a casa, no final de um dia de trabalho, dorida e completamente sem forças, e me sento no sofá a tricotar ou crochetar durante meia hora, no mínimo, o cansaço desaparece e é possível enfrentas as tarefas domésticas.

Quando algo corre menos bem durante o dia e preciso de acalmar o meu sistema nervoso demasiado sensível, não existe melhor remédio que sentar-me com as minhas agulhas, até os problemas se reduzirem à sua insignificância.

Quando uma das minhas terriveis enxaquecas me  atormenta, as agulhas são o melhor analgésico.

Quando surge uma noite de insónias, a solução é sair da cama e pegar nas agulhas até a vontade de dormir surgir.

  

publicado por Adelaide Pereira às 18:18

link do post | comentar | favorito (1)
Segunda-feira, 2 de Janeiro de 2017

Uma irmã é mais do que uma amiga, é a metade de nosso coração

Uma irmã é mais do que uma amiga, é a metade de nosso coração

Apesar de podermos ter diferenças, e do fato de que os anos de adolescência ou infância foram, muitas vezes, um campo de competição, discussões, roupas para dividir e invejas para esconder, ao final os anos nos fizeram compreender a importância deste laço.

Com frequência costuma-se dizer que a verdadeira família é aquela que a pessoa escolhe, sem a necessidade de um mesmo código genético. Isso é verdade, todos sabemos. No entanto, muitas vezes a união que se estabelece com uma irmã supera qualquer relação.

É uma conexão emocional, biológica e de intimidade tão exclusiva que quem tem a sorte de ter uma irmã sabe muito bem que é um autêntico tesouro que precisamos cuidar e valorizar. 

Uma irmã, o vínculo que transcende a própria família

É possível que você tenha passado algum tempo sem falar com a sua irmã. A vida, em algumas ocasiões, nos coloca em encruzilhadas estranhas onde pesa muito o orgulho, ou as discrepâncias marcadas por um momento de pouco tato.

No entanto, apesar da distância e da irritação, o coração sempre fica machucado e é difícil manter por muito tempo esta separação, esta inimizade. No final das contas é nossa irmã menor,  ou mais velha, quem sempre nos guiou e nos aconselhou da forma mais acertada.

Uma chamada telefônica, risadas, uma lembrança, e de repente surge de novo esta conexão que jamais poderá ser destruída, apesar da distância, apesar dos problemas. 

Quando não são necessárias palavras

Não é preciso indicar a uma irmã que estamos mal quando estamos frente a frente com ela. O vínculo emocional de sangue e a experiência fazem com que ela perceba, quase instantaneamente, que algo está errado.

É aí que surge a proximidade e a preocupação que tanto nos reconfortam.

Apesar de termos amigas, parceiros, e de contarmos com nossos pais, uma irmã compartilha conosco todo um legado de histórias e situações que as farão compreender muito bem de que maneira podem nos ajudar.

Não importa a distância, nem as diferenças

Não importa se houver um oceano entre nós, se a maturidade e nossas histórias nos obrigaram a nos separarmos para formarmos nossas próprias famílias.

A preocupação e o interesse pela irmã sempre estarão presentes. É algo natural e quase instintivo. Chamadas, mensagens… sempre haverá um modo de contar com este apoio, com este interesse contínuo pela outra metade de nosso coração de quem tanto sentimos falta.

Ninguém nos diz a verdade com tanta sinceridade como nossa irmã

Talvez sejam os anos, ou tudo que foi compartilhado, mas sabemos muito bem que nossa irmã sempre nos dirá a verdade de forma sincera e quase sem anestesia.

Uma irmã não sente a obrigação de ser condescendente, nem ao menos de nos agradar com falsos convencionalismos. Ela sabe que a sinceridade é parte deste laço familiar e é, sem dúvida, o que sempre esperamos dela.

Uma irmã sempre será mais do que uma amiga porque passamos com elas por diversas vicissitudes. A experiência da infância, muitas vezes complicada, estas falhas da juventude onde tivemos seu apoio, e a maturidade à qual ambas chegaram são triunfos pessoais compartilhados que deixam marcas maravilhosas.

A vida é muito mais simples do que pensamos, e o apoio entre irmãos é um presente especial do qual deveríamos desfrutar todos os dias.

 

(http://www.contioutra.com/uma-irma-e-mais-do-que-uma-amiga-e-metade-de-nosso-coracao)

 

VAP_3167.JPG

 

publicado por Adelaide Pereira às 12:54

link do post | comentar | favorito

Feliz 2017 !

15823625_1241905525893897_761625333385502828_n.jpg

15781807_1215437105160206_2279870476030220309_n.jp

Para todos os que por aqui passam um Feliz 2017!

 

publicado por Adelaide Pereira às 10:29

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 15 de Dezembro de 2016

Pensamento de Natal

Foto de Alma Antiga.

 

"Honrarei o Natal em meu coração e olharei para mantê-lo comigo durante o ano inteiro."

 

Charles Dickens

 

(https://www.facebook.com/almaantigaoficial)

publicado por Adelaide Pereira às 12:07

link do post | comentar | favorito (1)
Quinta-feira, 8 de Dezembro de 2016

Make someone happy!

15326507_703720726462028_3173915519823831809_n.jpg

 

 

publicado por Adelaide Pereira às 17:47

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 17 de Novembro de 2016

Quantos anos tenho? - José Saramago

20161008_151355.jpg

Quantos anos tenho? – belíssimo texto de José Saramago

Tenho os anos em que os sonhos começam trocar carinhos com os dedos e as ilusões se transformam em esperança.

Tenho os anos em que o amor, às vezes, é uma chama louca, ansiosa para se consumir no fogo de uma paixão desejada. E em outras, uma corrente de paz, como um entardecer na praia.

Quantos anos eu tenho? Não preciso de números para marcar, pois meus anseios alcançados, as lágrimas que derramei pelo caminho, ao ver meus sonhos destruídos…
Valem muito mais que isso.

 Não importa se faço vinte, quarenta ou sessenta!
O que importa é a idade que eu sinto.

Tenho os anos de que preciso para viver livre e sem medos. 
Para seguir sem medo pelo caminho, pois levo comigo a experiência adquirida e a força de meus anseios.

Quantos anos tenho?  Isso não importa a ninguém!
Tenho os anos necessários para perder o medo e fazer o que quero e sinto.

– José Saramago –

(http://www.contioutra.com)

 
publicado por Adelaide Pereira às 17:45

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 11 de Novembro de 2016

Pensamento

 tricot!

 

publicado por Adelaide Pereira às 22:47

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 31 de Outubro de 2016

Pensamento

14720599_937772106327133_8293053493731924269_n.jpg

 

publicado por Adelaide Pereira às 18:33

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Para ser grande, sê inteiro!

14572850_1478722095478395_1461621489431135321_n.jp

 

publicado por Adelaide Pereira às 18:14

link do post | comentar | favorito
Sábado, 1 de Outubro de 2016

Pensamento

 

publicado por Adelaide Pereira às 00:54

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 14 de Setembro de 2016

Back to school!

 Estou preparada!

Bem vindos!

 

publicado por Adelaide Pereira às 14:34

link do post | comentar | favorito
Domingo, 11 de Setembro de 2016

Boa semana!

 

 

publicado por Adelaide Pereira às 20:38

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.Bem vindos ao meu blog!!!

.pesquisar

 

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. E se alguém nos oferece p...

. Don't give up!

. Pensamento

. Tricotar um bocadinho por...

. Uma irmã é mais do que um...

.arquivos

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

.Tags

. todas as tags

.links

.Visitas a partir de 28-Dezembro-2009

provided by Inteliture.com
Inteliture.com

.professora

.Selinhos recebidos

.Velas acesas, uma por cada um dos membros da minha família, pela paz, e para que se acabem todos os tipos de maus tratos no Mundo!!

.As minhas afilhadas de blog: - Nélia - Arte das Manas / - Teresa - Artxike

blog da Nélia
blog da Teresa

.Leilão Forumeiros

Leilão Forumeiros
blogs SAPO

.subscrever feeds