Domingo, 31 de Julho de 2016

No aproveitar é que está o ganho!

No aproveitar é que está o ganho!

Umas cambraias, que estavam guardadas há uns anitos, foram transformadas em calças de pijama bem fresquinhas...

IMG_6335.JPG

IMG_6339.JPG

Uma camisa do marido, já bastante usada, foi transformada numa blusinha simples, adornada com um picot em crochet, aproveitando linha que sobrou de um trabalho...

IMG_6332.JPG

IMG_6334.JPG

Uma túnica comprida, que fazia conjunto com um vestido, apenas usados para ir a um casamento e agora já fora de moda, com algumas alterações, incluindo a aplicação de uma franja, transformou-se numa peça mais moderna...

IMG_6342.JPG

IMG_6343.JPG

 

publicado por Adelaide Pereira às 01:13

link do post | comentar | favorito
Sábado, 30 de Julho de 2016

Dia Internacional do Bordado - 30 de Julho,

Hoje, dia 30 de Julho, comemora-se o Dia Internacional do Bordado.

Partilho aqui o meu primeiro trabalho de bordado:

Um conjunto de dois naperons a ponto cruz, riscados no tecido, uma prenda recebida no meu 7ºaniversário que eu adorei e imediatamente bordei ensinada pela minha mãe...

Imagem1.jpg

 E um quadro bordado quarenta anos mais tarde...

Imagem1.jpg

 

 

 

Tags: ,
publicado por Adelaide Pereira às 22:16

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 29 de Julho de 2016

Mandalas

Pintando mandalas...

IMG_6316.JPG

IMG_6319.JPG

IMG_6320.JPG

IMG_6324.JPG

 

publicado por Adelaide Pereira às 00:57

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 25 de Julho de 2016

Quando os Filhos Voam ... - Rubem Alves

IMG_3030.JPG

 

QUANDO OS FILHOS VOAM…

Sei que é inevitável e bom que os filhos deixem de ser crianças e abandonem a proteção do ninho.

Eu mesmo sempre os empurrei para fora.Sei que é inevitável que eles voem em todas as direções como andorinhas adoidadas.

Sei que é inevitável que eles construam seus próprios ninhos e eu fique como o ninho abandonado no alto da palmeira…

Mas, o que eu queria, mesmo, era poder fazê-los de novo dormir no meu colo…

Existem muitos jeitos de voar. Até mesmo o vôo dos filhos ocorre por etapas. O desmame, os primeiros passos, o primeiro dia na escola, a primeira dormida fora de casa, a primeira viagem…

Desde o nascimento de nossos filhos temos a oportunidade de aprender sobre esse estranho movimento de ir e vir, segurar e soltar, acolher e libertar. Nem sempre percebemos que esses momentos tão singelos são pequenos ensinamentos sobre o exercício da liberdade.

Mas chega um momento em que a realidade bate à porta e escancara novas verdades difíceis de encarar. É o grito da independência, a força da vida em movimento, o poder do tempo que tudo transforma.

É quando nos damos conta de que nossos filhos cresceram e apesar de insistirmos em ocupar o lugar de destaque, eles sentem urgência de conquistar o mundo longe de nós.

É chegado então o tempo de recolher nossas asas. Aprender a abraçar à distância, comemorar vitórias das quais não participamos diretamente, apoiar decisões que caminham para longe. Isso é amor.

Muitas vezes, confundimos amor com dependência. Sentimos erroneamente que se nossos filhos voarem livres não nos amarão mais. Criamos situações desnecessárias para mostrar o quanto somos imprescindíveis. Fazemos questão de apontar alguma situação que demande um conselho ou uma orientação nossa, porque no fundo o que precisamos é sentir que ainda somos amados.

Muitas vezes confundimos amor com segurança. Por excesso de zelo ou proteção cortamos as asas de nossos filhos. Impedimos que eles busquem respostas próprias e vivam seus sonhos em vez dos nossos. Temos tanta certeza de que sabemos mais do que eles, que o porto seguro vira uma âncora que impede-os de navegar nas ondas de seu próprio destino.

Muitas vezes confundimos amor com apego. Ansiamos por congelar o tempo que tudo transforma. Ficamos grudados no medo de perder, evitando assim o fluxo natural da vida. Respiramos menos, pois não cabem em nosso corpo os ventos da mudança.

Aprendo que o amor nada tem a ver com apego, segurança ou dependência, embora tantas vezes eu me confunda. Não adianta querer que seja diferente: o amor é alado.

Aprendo que a vida é feita de constantes mortes cotidianas, lambuzadas de sabor doce e amargo. Cada fim venta um começo. Cada ponto final abre espaço para uma nova frase.

Aprendo que tudo passa menos o movimento. É nele que podemos pousar nosso descanso e nossa fé, porque ele é eterno.
Aprendo que existe uma criança em mim que ao ver meus filhos crescidos, se assustam por não saber o que fazer. Mas é muito melhor ser livre do que imprescindível.

Aprendo que é preciso ter coragem para voar e deixar voar.

E não há estrada mais bela do que essa.

 

Rubem Alves

(osegredo.com.br)

 

publicado por Adelaide Pereira às 23:04

link do post | comentar | favorito

Mandalas

Pintando mandalas...

250720162452.jpg

250720162455.jpg

250720162459.jpg

250720162461.jpg

 

publicado por Adelaide Pereira às 19:03

link do post | comentar | favorito

Fim de semana na Assenta

Finalmente, um cheirinho a férias!

Fim de semana a dois na Assenta... 

120620162224.jpg

120620162221.jpg120620162226.jpg

120620162237.jpg

120620162241.jpg

 

Jantar na varanda à luz de velas...

20160723_210640.jpg

Passeio à beira mar ...

20160723_200842.jpg

20160723_201710.jpg

  240720162371.jpg

240720162403.jpg

240720162396.jpg

240720162398.jpg

Acompanhando o meu fotógrafo...

240720162385.jpg

Pôr do sol...

240720162417.jpg

240720162441.jpg

240720162449.jpg

240720162451.jpg

 

publicado por Adelaide Pereira às 00:18

link do post | comentar | favorito
Domingo, 24 de Julho de 2016

Diana Krall no Campo Pequeno

 Sábado, dia 22 de julho, Diana Krall no Campo Pequeno...

 20160722_214915.jpg

Espetacular! Adorei!

 

publicado por Adelaide Pereira às 23:59

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 22 de Julho de 2016

Amor a Quanto Obrigas - Kristin Hannah; Rumo ao Sonho - Jennifer Donnelly

 

Amor a Quanto Obrigas - Kristin Hannah 

Rumo ao Sonho - Jennifer Donnelly

Duas boas histórias!

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 14:14

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 21 de Julho de 2016

Viva o descanso!

Avental bordado a ponto cruz...

20160719_195942 - Cópia.jpg

20160719_195942.jpg

 Pega de cozinha bordada a ponto cruz...

IMG_4581.JPG

Pulseiras...

IMG_3223.JPG

 

publicado por Adelaide Pereira às 14:45

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 19 de Julho de 2016

Um Verão em Veneza - Nicky Pellegrino

 

Sinopse - Addolorata – mais conhecida como Dolly – sabe que devia sentir-se feliz. Vive em Londres, é apaixonada pelo seu restaurante Little Italy, pelo marido e pela filha pequena. Mas algo não está bem. Dolly parece ter perdido a alegria. A vida familiar caiu na rotina e o restaurante sofre com os sítios da moda. A gota que faz transbordar o copo chega sob a forma de Guy Rochester – um crítico gastronómico influente que arrasa o Little Italy na sua crónica semanal.Desejosa de aventura e com as duras palavras de Guy na cabeça, Dolly faz o impensável. Deixa Londres, o marido e a filha e parte sozinha para umas férias em que planeia reencontrar a alegria que era tão sua até há pouco… antes de a responsabilidade da vida adulta a sufocar e transformar numa mulher quase irreconhecível.  É em Veneza que conhece a excêntrica Coco, que lhe vai abrir as portas para o modo de vida veneziano. Enfeitiçada pela cidade, pelos seus labirintos de canais, pontes e piazzas, e arrebatada pelas iguarias de fazer crescer água na boca, Dolly decide ficar até ao final do verão. Na sua busca pelos prazeres mais simples da vida, elabora uma lista das dez coisas que a deixam mais feliz.Mas haverá algum lugar nessa lista para aquilo que deixou para trás? Uma exuberante fusão de cores e sabores pela mão exímia de Nicky Pellegrino, uma das escritoras mais queridas das leitoras portuguesas.

(imagem e texto de fnac.pt)

 

Adorei!!!

Excelente!!!

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 12:01

link do post | comentar | favorito
Domingo, 17 de Julho de 2016

Sintra

Domingos de verão em Sintra.

Palácio de Seteais...

20160709_151709.jpg***

090720162321.jpg

090720162323.jpg

 090720162312.jpg

090720162313.jpg

090720162314.jpg

090720162315.jpg

090720162318.jpg

090720162319.jpg

 Palácio de Monserrate...

090720162345.jpg

 

20160709_172615.jpg***

 090720162354.jpg

090720162356.jpg

090720162347.jpg

090720162348.jpg

090720162350.jpg

090720162327.jpg

090720162337.jpg

090720162342.jpg

Feira Quinhentista em S. Pedro de Sintra...

VAP_1482.JPG***

VAP_1487.JPG***

 VAP_1514.JPG***

  Taverna dos Trovadores...

20160717_123917.jpg

 13769543_1064218276948757_5498985333242515016_n.jp***

( *** fotos de Victor Pereira)

publicado por Adelaide Pereira às 22:50

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 13 de Julho de 2016

Crochet e costura

O tempo dedicado ao descanso aumenta e as produções manuais também.

Mais uma camisola terminada!

Com o mesmo fio da anterior, Caricia frescor.

Conjugação de rosetas e carreiras em crochet, em três cores.

Formada por duas tiras, que se unem no meio da frente e das costas.

IMG_6150.JPG

IMG_6153.JPG

IMG_6155.JPG

O modelo foi inventado por mim, inspirado nesta foto da Net.

13413760_979805508754707_7934226712955801938_n.jpg

 

Esta blusa/túnica já foi feita o verão passado.

Modelo muito simples, da autoria da Joana Nobre Garcia.

O molde foi retirado da revista Make it nº4.

Pode ser executado por qualquer principiante nas artes da costura, pois não exige grandes conhecimentos. 

IMG_3100.JPG

IMG_3101.JPG

IMG_3103.JPG

 

publicado por Adelaide Pereira às 22:40

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 12 de Julho de 2016

Camisola

Fiz esta camisola em crochet, com um fio muito bonito, fácil de trabalhar e fresquinho, Caricia Frescor.

É o mesmo fio com que fiz a camisola amarela em tricot da minha filha.

IMG_6143.JPG

IMG_6145.JPG

O modelo é muito simples.

São dois granny squares unidos e com um picot à volta, o qual une os dois quadrados.

Baseei-me nesta foto da Net.

1442072871508.jpg

 

publicado por Adelaide Pereira às 19:46

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 11 de Julho de 2016

Portugal, campeões da Europa de futebol 2016!

 

A Alemanha foi colonialista,

A França foi colonialista,
A Inglaterra foi colonialista,
A Holanda foi colonialista,
A Espanha foi colonialista,
A Itália foi colonialista,
Portugal foi colonialista,


Mas SÓ PORTUGAL consegue que os povos dos países por onde andou se manifestem em massa.
SOFRAM com as derrotas de Portugal como se fossem eles próprios os derrotados…
VIBREM com as vitórias de Portugal como se fossem eles próprios os vencedores..
Gritam BEM ALTO:
- GANHÁMOS! GANHÁMOS! GANHÁMOS!

É por tudo isto, por sermos multiculturais, multirraciais, que esta “ Europa da treta “ não nos suporta…
************
Uma imagem vale mais que mil palavras.
- “Uma timorense a sofrer por Portugal em 2016, meio milénio após a primeira vela com a Cruz de Cristo ter alcançado o Mar de Banda. E há quem diga que O MUNDO PORTUGUÊS já lá vai...
- Não vêem a vela bem acesa nestes olhos?
- Dizem que é APENAS FUTEBOL. Não!
É muito mais do que isso!
- É RAIZ ANCESTRAL, É PASSADO VIVO, É ESPERANÇA NO FUTURO.

É o assumir de uma IDENTIDADE incompreensivelmente bela e tensa.
É o desejo do BEM personificado na perfeição.”

Rainer Daehnhardt

 

(www.facebook.com) 

publicado por Adelaide Pereira às 13:25

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito (1)
Sexta-feira, 8 de Julho de 2016

Costurando!

O trabalho na escola abrandou e começo a ter algum tempo para descansar e me dedicar aos trabalhos manuais.

Para matar saudades da máquina de costura personalisei toalhas turcas...

060720162294.jpg

 e fiz novas almofadas para a sala...

080720162308.jpg

080720162309.jpg

 

210720162365.jpg

210720162367.jpg

 

publicado por Adelaide Pereira às 23:08

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.Bem vindos ao meu blog!!!

.pesquisar

 

.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Páscoa 2017 - Portugal II

. Páscoa 2017 - Holanda I

. Lembranças de Páscoa

. Último Amor - Livro 2 - N...

. Bolinhos de coco

.arquivos

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

.Tags

. todas as tags

.links

.Visitas a partir de 28-Dezembro-2009

provided by Inteliture.com
Inteliture.com

.professora

.Selinhos recebidos

.Velas acesas, uma por cada um dos membros da minha família, pela paz, e para que se acabem todos os tipos de maus tratos no Mundo!!

.As minhas afilhadas de blog: - Nélia - Arte das Manas / - Teresa - Artxike

blog da Nélia
blog da Teresa

.Leilão Forumeiros

Leilão Forumeiros
blogs SAPO

.subscrever feeds