Quarta-feira, 28 de Outubro de 2015

Caderno forrado a tecido

O meu caderno novo...

281020151728.jpg

281020151729.jpg

publicado por Adelaide Pereira às 17:43

link do post | comentar | favorito
Domingo, 25 de Outubro de 2015

Miminhos para uma afilhada virtual

A minha afilhada de blog, Nélia Silva, teve um bébé recentemente e aproveitei para lhe enviar uns miminhos.

Para o Simão uma almofada bordada a ponto cruz com a oração do anjo da guarda para que o seu anjinho o guarde e acompanhe...

IMG_3260.JPG

IMG_3266.JPG

IMG_3269.JPG

IMG_3272.JPG

Para a Beatriz um conjunto de pulseiras e brincos de pérolas e anjinhos...

IMG_3175.JPG

IMG_1639.JPG

E para a Nélia uma moldura em feltro para colocar as fotos dos seus filhotes...

IMG_1856.JPG

IMG_1859.JPG

 Os miminhos já chegaram ao destino e a Nélia disse que adorou!

publicado por Adelaide Pereira às 11:40

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 20 de Outubro de 2015

Ínclita Geração - Isabel Stilwell

Sinopse:

Era feita de luzes e de sombras. O pintor flamengo Van Eyck havia entendido a sua essência como ninguém e pintado as linhas do seu rosto e o seu caráter, em dois quadros distintos, para mostrar ao noivo Filipe III, duque da Borgonha. Um feito de luzes, outro feito de sombras. Isabel, tal como a sua mãe, D. Filipa de Lencastre, casava tarde. E a ideia de deixar Portugal, o pai envelhecido, os cinco irmãos em constante desacordo, e Lopo, irmão de leite e melhor amigo, para partir para um país longínquo e gelado atormentava-lhe o coração. Era a terceira mulher de Filipe, já duas vezes viúvo, esperava vir a dar-lhe o herdeiro legítimo de que Borgonha tanto precisava. A sua fama de mulherengo atravessava fronteiras… Mas Isabel sabia que nascera para cumprir um destino, ser a Estrela do Norte, que firme no céu indica o caminho. Saberia mudá-lo, torná-lo num homem diferente, acreditava Isabel. Na manga levava um trunfo que apenas partilhava com o seu irmão Henrique e com o seu fiel Lopo, na esperança de se tornar senão amada, pelo menos indispensável. Mas ao longo da sua vida, as sombras foram ganhando terreno e os acontecimentos precipitaram-se numa espiral que Isabel não conseguia travar, e de que apenas o seu filho a podia salvar. Isabel Stilwell, a autora de romances históricos mais lida em Portugal, regressa à escrita com a surpreendente história de Isabel de Borgonha, a única mulher da chamada Ínclita Geração. A geração perfeita, filhos de Avis, cantada por Camões, que marcou, cada um à sua maneira, a História de Portugal. Um romance empolgante que acompanha a vida desta mulher do século XV, que assumiu com inteligência e determinação o seu papel no governo de Borgonha urdindo alianças com França e Inglaterra, que procurou salvar Joana d' Arc da morte, abriu os braços aos sobrinhos fugidos de Portugal, num período de tumultos e divisões. Foi aliada das descobertas do infante D. Henrique, assistindo impotente à morte do seu querido irmão D. Fernando às mãos dos infiéis… Uma mulher que nunca esqueceu que era filha de Filipa de Lencastre e princesa de Portugal.
(imagem e texto de esferalivros.pt)

 

Filipa de Lencastre e a sua Ínclita geração foram das personagens da História de Portugal que mais me fascinaram.

Admiro imenso a escrita de Isabel Stillwell e tenho lido apaixonadamente todos os seus romances históricos.

Adorei de um modo especial o romance sobre Filipa de Lencastre, tendo ficado a conhecer muito melhor a vida e a personalidade desta rainha pela qual sempre senti uma grande admiração, "a rainha que mudou Portugal".

Esta obra deu-me a conhecer muito sobre os filhos de Filipa de Lencastre e D.João I, aqueles que ficaram conhecidos pela Ínclita Geração, a qual influenciou grandemente a nossa história, através dos olhos da única mulher dessa geração, Isabel de Borgonha, uma princesa que acompanhou e dirigiu a vida do pai e dos irmãos após a morte de sua mãe, bem como a vida do seu marido Philippe e do filho Carlos, duques de Borgonha, e o seu papel na história da Borgonha. "Uma mulher que nunca esqueceu que era filha de Filipa de Lencastre e princesa de Portugal".   

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 23:48

link do post | comentar | favorito
Domingo, 11 de Outubro de 2015

Lembrancinhas para as minhas afilhadas

Estas são as lembrancinhas de aniversário que fiz para as minhas afilhadas.

Para a Ana Luísa:

101020151700.jpg

IMG_3179.JPG

IMG_3190.JPG

IMG_3202.JPG

 Para a Cláudia:

101020151701.jpg

IMG_3205.JPG 

IMG_3197.JPG

IMG_3282.JPG 

publicado por Adelaide Pereira às 16:10

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 9 de Outubro de 2015

O jarro da vida

O jarro da vida: uma história que você nunca mais vai esquecer

Por WAGNER BRENNER

“Big Rocks” (ou “Jarro da vida”) é uma historia curtinha, sobre a importância do conceito de prioridade, bastante utilizada por professores, filósofos, palestrantes e em muitos textos pela internet. Por aqui acho que ainda não tinha sido publicada, então vamos lá.

Um professor coloca um grande jarro de vidro vazio sobre uma mesa.

Em seguida, pega uma sacola cheia de bolas de golfe e vira todas dentro do jarro, até a boca.
jarro 1

PROF: “Muito bem. Meus caríssimos alunos, como vocês puderam observar, acabei de encher esse jarro de vidro. Certo?”
ALUNO: “Certo.”

PROF: “Não. Errado.”

O professor agora pega outra sacolinha, cheia de pedrinhas bem pequenas e, segurando o jarro com as mãos, dá umas chacoalhadas até elas irem preenchendo os espaços vazios.

jarro 2

PROF: “Ahá. Como vocês podem ver, o jarro não estava cheio! Ainda cabiam umas pedrinhas nos espaços vazios. Agora sim está cheio! Ou … não está?

ALUNO: (…)

Mais uma vez o professor pega outra sacolinha, cheia de açúcar.

jarro 3

E sorrindo para a turma, que já desconfiava que vinha algo assim pela frente, fala:

PROF: “Muito bem, o jarro ainda não estava cheio – como vocês desconfiaram – e ainda dá para colocar um monte de açúcar aqui dentro. Agora sim! Cheio! Certo?”

ALUNOS: “Hmmm acho que agora sim”

O professor pega então seu cafezinho que estava em cima da mesa, levanta à sua frente como quem faz um brinde e abre um sorriso esperto. Os alunos dão risada. E o café é despejado beeeeeeem lentamente no jarro.

jarro 4

A CONCLUSÃO

PROF: “O jarro é a sua vida. As bolas de golfe são as coisas que você acha mais importantes: sua família, sua saúde, seus amigos, suas crenças, seus valores, suas paixões. São aquelas coisas que, se todo o resto faltasse, ainda assim sua vida estaria preenchida.

 

As pedrinhas são as outras coisas que você vai acumulando: a sua casa, o seu carro, suas músicas, seus filmes, o seu emprego, seu smartphone, etc.

E o açúcar é todo o resto, é o seu cotidiano.

Então… qual é a melhor conclusão dessa história?”

ALUNOS: “Hãnn.., tem sempre espaço para tudo na sua vida?”

PROF: “Melhor que isso. A parte importante é a sequência.

Se eu tivesse começado pelas pedrinhas pequenas, ou pelo açúcar, não teria conseguido preencher totalmente o jarro. É uma demonstração da importância das prioridades e da consequente hierarquia dessas coisas. De outra forma, nem todos os espaços teriam sido preenchidos.

Se você usar toda a sua energia e seu foco só nas coisinhas pequenas o tempo todo, vai chegar uma hora que aquilo te ocupa tanto que não sobra espaço para coisas maiores. Saber dar prioridade para as coisas que são realmente importantes é algo crítico nas tomadas de decisões. Investir tempo na sua família, fazer seus check-ups médicos, viajar com alguém importante para você são bolas de golfe. Mas muitas vezes a gente fica só brincando no açúcar o tempo todo porque distrações docinhas não faltam por aí.

Aprenda a despejar as coisas na ordem certa. Aprenda a dizer sim, aprenda a dizer não. Aprenda a priorizar.
Escreve aí um post it: “BOLAS DE GOLFE” e gruda no monitor. Faz uma telinha de fundo “BOLAS DE GOLFE” pro celular. Dois lugares muito indicados para o lembrete.

ALUNO: “Professor, mas e o café? Representa o quê?”

PROF: “Ah é! O café! O café é só pra lembrar que sempre dá pra enfiar um cafezinho despretensioso com alguém na sua agenda. Esse sempre cabe”

Nota do autor: essa história, que era contada inicialmente com pedras grandes (e por isso o “Big Rocks”) é de autor desconhecido, mas há registros na internet que datam lá de 2005. Existem também alguns videos, são fáceis de achar pelo Google. A narrativa acima é uma adaptação livre minha, de texto e também do açúcar ao invés da areia original

 

😉

Fonte indicada e recomendada: Updateordie

(http://www.contioutra.com/o-jarro-da-vida-uma-historia-que-voce-nunca-mais-vai-esquecer)

 

publicado por Adelaide Pereira às 17:28

link do post | comentar | favorito
Domingo, 4 de Outubro de 2015

Camisola crochet

Ultimamente não tenho aqui colocado muitos dos trabalhos que tenho realizado.

Geralmente por falta de tempo ou de disposição para os fotografar.

Esta camisola de algodão em crochet foi realizada no inicio do verão.

 

IMG_2869.JPG

IMG_2870.JPG

IMG_3301.JPG

publicado por Adelaide Pereira às 14:44

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.Bem vindos ao meu blog!!!

.pesquisar

 

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Pão, mel e amor - Jenny C...

. A Incrível Fuga do Meu Av...

. Bom fim de semana!

. Energia Renovável - Desen...

. Lembrança de aniversário ...

.arquivos

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

.Tags

. todas as tags

.links

.Visitas a partir de 28-Dezembro-2009

provided by Inteliture.com
Inteliture.com

.professora

.Selinhos recebidos

.Velas acesas, uma por cada um dos membros da minha família, pela paz, e para que se acabem todos os tipos de maus tratos no Mundo!!

.As minhas afilhadas de blog: - Nélia - Arte das Manas / - Teresa - Artxike

blog da Nélia
blog da Teresa

.Leilão Forumeiros

Leilão Forumeiros
blogs SAPO

.subscrever feeds