Domingo, 30 de Março de 2014

Alguns trabalhos em lã e feltro

A minha irmã fez anos no dia 28!

Parabéns Zá!

 

Para ela fiz este poncho em crochet como lembrança de aniversário:

(Ideia retirada da Net mas com esquema meu)

 

 

 

 

Para a minha filhota fiz como prendinha de aniversário este cachecol gola em crochet:

(O preto é dificil de fotografar)

 

 

 

Para a minha Ana também fiz esta camisola em tricot:

 

 

 

A Graça Dores, do blog Gracinhas Artesanato, do qual sou seguidora, apresentou vários trabalhos seus na revista "Costura com ideias Criativas" nº3.

Adquiri a revista assim que foi publicada e adorei os trabalhos propostos.  

 

 

Realizei para mim este cachecol de feltro seguindo o passo a passo apresentado na revista:

 

 

 

publicado por Adelaide Pereira às 20:10

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 22 de Março de 2014

Célia Correia Loureiro - A Filha do Barão

 

"Quando D. João tece a união da sua única filha, Mariana de Albuquerque, com o seu melhor amigo - um inglês que investiga o potencial comercial do vinho do Porto -, não prevê a espiral de desenganos e provações que causará a todos. Mariana tem catorze anos e Daniel Turner vive atormentado pela sua responsabilidade para com a amante. Como se não bastasse, o exército francês está ao virar da esquina, pronto a tomar o Porto e, a partir daí, todo o país.No seu retiro nos socalcos do Douro, Mariana recomeça uma vida de alegrias e liberdade até que um soldado francês, um jovem arrastado para um conflito que desdenha, lhe bate à porta em busca de asilo. Daniel está longe, a combater os franceses, e Gustave está logo ali, com os seus ideais de igualdade e o seu afeto inabalável, disposto a mostrar-lhe que a vida é bem mais do que um leque de obrigações.  1809. Num Portugal invadido só o amor poderá unir o que os homens dividem."

 

Este é o primeiro livro que li desta autora.

Gostei imenso!

Recomendo a leitura deste "Romance histórico com alma lusitana".

 

sinto-me: Gostei!
Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 17:34

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Bom fim de semana!

publicado por Adelaide Pereira às 16:23

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 21 de Março de 2014

Débora Seabra - 1ªProfessora com Síndrome de Down do Brasil

 Débora faz palestras dentro e fora do país (Foto: Arquivo pessoal)

Seja na aula de spinning, de musculação, nas oficinas de teatro ou no trato com as crianças no trabalho como professora, Débora Araújo Seabra de Moura, de 31 anos, prova que a inclusão é possível. Moradora de Natal (RN), ela estudou exclusivamente na rede regular de ensino, e foi a primeira pessoa com síndrome de Down a se formar no magistério, em nível médio, no Brasil, em 2005. Fez estágio na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e há nove anos trabalha como professora assistente em um colégio particular tradicional de Natal, a Escola Doméstica.

 

Débora considera que sua vida escolar teve mais experiências positivas. “A escola regular me fez sentir incluída com as outras crianças. Para mim não existe separação. Superei preconceitos, fiz muitas amizades e mostrei para as pessoas o que era a inclusão”, afirma.

Neste ano, a missão da jovem na Escola Doméstica é ajudar a cuidar e alfabetizar uma sala com 28 crianças de 6 a 7 anos do 1º ano do ensino fundamental. “Eu gosto das crianças. Tenho paciência, só alguns são bagunceiros e a maioria é focado. Se eu sou brava? Não, sou normal, trato eles super bem”, diz.

A professora diz que foi muito bem recebida pelos funcionários, professores e alunos da escola que de vez em quando a questionam sobre as diferenças. “Às vezes as crianças me perguntam: ‘Tia por que você fala assim?’. Aí eu respondo: ‘Minha fala é essa, cada um fala de um jeito, de forma diferente’. Aproveito e explico que tenho síndrome Down e eles entendem."

 

Há 31 anos quando Débora nasceu pouco se sabia sobre a síndrome de Down. Na época, as crianças que têm olhos amendoados e podem ter habilidade cognitiva comprometida por conta presença do cromossomo 21 eram chamadas de maneira pejorativa de ‘mongoloides’. Receosos, os pais em sua maioria optavam em matricular os filhos nas escolas especiais. Eles achavam de maneira errônea que ao restringir o contato das crianças aos deficientes as chances de adaptação eram maiores.

Contrariando esta tendência, o médico psiquiatra José Robério, de 72 anos, e a advogada Margarida, 71, pais de Débora não imaginaram outra escola para a garota, se não a regular. Foi assim por toda a vida escolar, nem sempre fácil. Ainda na educação infantil, Débora lembra de ter sido chamada de 'mongol' por um garoto. Ela chorou, ficou magoada, mas encontrou na professora uma aliada que explicou à classe que 'mongois' eram os habitantes da Mongólia e ainda ensinou as crianças o que era a síndrome de Down.

 

A mãe relata: "Nunca cogitei uma escola especial porque Débora era uma criança comum. A escola especial era discriminatória e ela precisava de desafios. Não sabia muito bem como seria, mas estava aberta para ajudar minha filha a encarar qualquer coisa". Engajada na causa, em 1983, Margarida fundou a Associação de Síndrome de Down, em Natal, com o objetivo de conscientizar a população e batalhar pelo fim do preconceito.

"Quando eu soube que Débora tinha Down foi como seu eu tivesse virado do avesso. A perspectiva era tenebrosa, não havia informação, mas o amor se sobrepõe a qualquer deficiência", afirma Margarida. "Criamos a Débora desprovida de total preconceito, sempre a tratei igual ao meu filho mais velho [Frederico, advogado, de 33 anos], o assunto nunca foi tabu. Ela é uma moça como qualquer outra, sonha, deseja, tem planos, é descolada e bem aceita em qualquer ambiente."

Por conta de sua experiência com professora, Débora já foi convidada para palestrar em várias partes do país e até fora dele, como Argentina e Portugal. Sempre que pode participa de iniciativas para ajudar a combater o preconceito. “Ainda existe e acho que as palestras ajudam a diminui-lo. Muitos professores foram assistir minhas palestras e fui aplaudida em pé pela plateia.”

No dia 21 de março quando se comemora o Dia Internacional da Pessoa com Síndrome de Down, Débora vai apresentar uma peça de teatral junto com outros professores da Escola Doméstica de Natal para explicar o que é a síndrome aos alunos. Ela fez aulas de teatro por três anos. Outro plano é lançar um livro de pequenas fábulas, todas de cunho moral que abordam a inclusão. 

 

(http://g1.globo.com/educacao/noticia/2013/03/1-professora-com-down-do-pais-defende-inclusao-em-escola-regular.html)

 

 

Débora Araújo Seabra de Moura, de 32 anos, a primeira professora com síndrome de Down do Brasil, acaba de lançar um livro com fábulas infantis que têm a inclusão como pano de fundo. O livro traz contos que se passam em uma fazenda e têm os animais como protagonistas. Eles lidam com problemas humanos como preconceito e rejeição, caso do sapo deficiente que não conseguia nadar, da galinha excluída do grupo por ser surda e do passarinho de asa quebrada que precisou ganhar a confiança dos outros bichos para poder voar com eles.

Com 32 páginas, a obra “Débora conta histórias” (Araguaia Infantil, R$ 34,90) estará à venda nas livrarias a partir desta segunda-feira (5). As ilustrações são de Bruna Assis Brasil.

A professora também usa os bichos para abordar a importância da tolerância, respeito e amizade.

“Usei os animais, mas as histórias se encaixam aos humanos. É preciso respeitar e incluir todo mundo, aceitar as diferenças de cada um. Ainda existe preconceito”, afirma Débora.

 

(http://networkedblogs.com/NQT3r)

                                                                    

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 17:19

link do post | comentar | favorito

Pensamento

publicado por Adelaide Pereira às 16:59

link do post | comentar | favorito

21 de março - Dia Internacional da Floresta

 Origem e historial

 

No Nebrasca (EUA), em 1872, face à escassez de árvores e florestas, a população decidiu dedicar um dia à plantação de árvores. Inicialmente, a comemoração não tinha um dia fixo.

Muitos países se seguiram nesta iniciativa, tendo a primeira "Festa da Árvore" sido comemorada em Portugal, em 1907, estendendo-se estas comemorações, sobretudo durante o período inicial da 1.ª República, até 1917.
 
Em dezembro de 1970, no âmbito das comemorações do Ano Europeu da Conservação da Natureza, foi retomada a celebração oficial do “Dia da Árvore”, por proposta da então Direcção-Geral dos Serviços Florestais e Aquícolas e da Liga para a Protecção da Natureza. 
 
A Festa passou da Árvore à da Floresta quando, em 1971, a FAO estabeleceu o "Dia Mundial da Floresta" com o objetivo de sensibilizar as populações para a importância da floresta na manutenção da vida na Terra. Como consequência, em Portugal, em 1974, foi celebrado o primeiro “Dia Mundial da Floresta”, tendo sido escolhida, como em muitos outros países do hemisfério norte, a data de 21 de março, o primeiro dia de primavera. 
 
Em 30 de novembro de 2012, a Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou uma resolução que declara o dia 21 de março de cada ano como Dia Internacional das Florestas, encarregando o Secretariado de, em colaboração com os governos e as demais organizações internacionais e da ONU, organizar anualmente as comemorações do Dia Internacional.

 

  

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 16:52

link do post | comentar | favorito

21 de março - Dia Internacional da Síndrome de Down

O Dia Internacional da Síndrome de Down foi proposto pela Down Syndrome International como o dia 21 de Março, porque esta data se escreve como 21/3 (ou 3-21), o que faz alusão à trissomia do 21. A primeira comemoração da data foi em 2006.

A Cor eletrônica (321000) foi proposta por Gaston Schwabacher. Também fazendo alusão à trissomia do 21.

 

 

 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 15:54

link do post | comentar | favorito

21 de março - Dia Mundial da Poesia

 

 

O Dia Mundial da Poesiase a 21 de março e o dia 20 de novembro celebra o dia do Poeta, foi criado na XXX Conferência Geral da UNESCO em 16 de Novembro de 1999.

O propósito deste dia é promover a leitura, escrita, publicação e ensino da poesia através do mundo.

 

 

 

(foto de facebook)

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 15:45

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 20 de Março de 2014

Pulseiras em crochet

Já há algum tempo que queria utilizar uma série de pendentes de prata que já não uso há alguns anos.

Também há já algum tempo que queria experimentar fazer pulseiras em crochet.

Juntei os dois objetivos e surgiu este conjunto de pulseiras:

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Adelaide Pereira às 13:41

link do post | comentar | favorito

2014 - Ano internacional da Agricultura Familiar

A Assembleia das Nações Unidas proclamou o ano de 2014 como Ano Internacional da Agricultura Familiar (AIAF).

A agricultura familiar abrange todas as atividades agrícolas, de base familiar e está ligada a diversas áreas do desenvolvimento rural. Consiste num meio de organização das produções agrícola, florestal, pesqueira, pastoril e aquícola que são geridas e operadas por uma família e predominantemente dependente de mão de obra familiar não assalariada.

O principal objetivo do AIAF é a promoção de políticas que favoreçam o desenvolvimento sustentável de unidades agrícolas que dependam essencialmente de mão de obra familiar. Pretende, também, fornecer orientações para pôr em prática essas políticas, incentivar a participação de associações de agricultores e despertar a consciência da sociedade para a importância da agricultura familiar. 

 

A escolha deste tema é o reconhecimento do papel da agricultura familiar na segurança alimentar, promoção da diminuição da pobreza e erradicação da fome, melhoria dos meios de subsistência, a par de uma eficiente gestão dos recursos naturais e da proteção do meio ambiente. 
Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 10:54

link do post | comentar | favorito

20 de março - Dia Mundial da Agricultura

O dia dedicado à exploração da terra celebra-se no dia 20 de Março, no dia que antecede o inicio da Primavera.
A agricultura - conjunto de técnicas utilizadas para cultivar plantas com o objectivo de obter alimentos, fibras, energia e matéria-prima para roupas, construções, medicamentos, etc. - é uma actividade com mais de 10 mil anos e quase todos os povos da antiguidade tinham uma divindade que lhe era associada.

O deus celta da agricultura chamava-se Sucellus. Já para os gregos a agricultura estava ligada à deusa Deméter, enquanto para os romanos era Ceres, a deusa da fertelidade da terra, que estava associada à agricultura.

 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 10:45

link do post | comentar | favorito

20 de março - Dia Internacional da Felicidade

 

Em 2013 comemora-se pela primeira vez o Dia Internacional da Felicidade.

Origem do Dia

A criação do Dia Internacional da Felicidade surge por sugestão do Butão, um pequeno reino budista localizado nos Himalaias que adota como estatística oficial a "Felicidade Nacional Bruta" em vez do Produto Interno Bruto (PIB).

Em 2012, a proposta foi aprovada por unanimidade pelos 193 estados-membros da ONU (Organização das Nações Unidas), defendendo que a busca pela felicidade é um objetivo humano fundamental.

Importância da Felicidade

Todas as pessoas procuram a felicidade. Os psicólogos salientam a importância da felicidade na vida das pessoas e a necessidade destas se conhecerem a si mesmas para conseguirem alcançar o bem estar desejado. Assim, a felicidade relaciona-se não só com a personalidade, mas também com a disposição e a forma de estar das pessoas.

Da mesma forma, alguns governos encaram a felicidade da população como um indicador económico.

ONU cria Dia Internacional da Felicidade

<input ... >As Nações Unidas instituíram o 20 de março como Dia  Internacional da Felicidade, foi esta semana divulgado.

A data, que se junta agora ao calendário da ONU de dias internacionais, foi aprovada numa resolução da Assembleia Geral da ONU. A felicidade passa a ser um dia mundial como a poesia ou a da ave migratória, por exemplo.

"A busca pela  felicidade é um objetivo humano fundamental", diz a resolução, aprovada  por unanimidade pelos 193 membros da assembleia.

A  instituição do dia da felicidade era parte de uma campanha diplomática  do reino do Butão, país que tem um índice nacional de felicidade bruta.

Muitos governos dizem que novos elementos, entre eles a felicidade, devem ser  incorporados às formas de se medir a prosperidade, dominadas por  indicadores económicos.

 

 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 10:35

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 19 de Março de 2014

!9 de março - Dia do Artesão

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 18:30

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 18 de Março de 2014

Cestinhos com reutilização

As minhas meninas do clube do ambiente estiveram a fazer cestinhas com reutilização de revistas usadas e restos de feltro.

 

publicado por Adelaide Pereira às 17:48

link do post | comentar | favorito

Dá o teu sorriso!

Foto de Sapo Zen.

publicado por Adelaide Pereira às 10:38

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.Bem vindos ao meu blog!!!

.pesquisar

 

.Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Folhado de doce de maçã e...

. Advento

. Lembranças de Natal "Hand...

. Badass Biscuits de Kefir

. Amizade reencontrada

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

.Tags

. todas as tags

.links

.Visitas a partir de 28-Dezembro-2009

provided by Inteliture.com
Inteliture.com

.professora

.Selinhos recebidos

.Velas acesas, uma por cada um dos membros da minha família, pela paz, e para que se acabem todos os tipos de maus tratos no Mundo!!

.As minhas afilhadas de blog: - Nélia - Arte das Manas / - Teresa - Artxike

blog da Nélia
blog da Teresa

.Leilão Forumeiros

Leilão Forumeiros
blogs SAPO

.subscrever feeds