Quarta-feira, 31 de Agosto de 2016

Tapada Nacional de Mafra (2ªparte)

IMG_6906.JPG

IMG_6916.JPG

IMG_6921.JPG

IMG_6922.JPG

IMG_6931.JPG

IMG_6934.JPG

IMG_6937.JPG

IMG_6940.JPG

IMG_6951.JPG

IMG_6952.JPG

IMG_6953.JPG

 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 00:44

link do post | comentar | favorito

Tapada Nacional de Mafra

A Tapada Nacional de Mafra, ou simplesmente Tapada de Mafra é uma área verde situada na freguesia de Sobral da Abelheira, em Mafra, Portugal. É também uma Zona de Caça Nacional.

Com 1187 ha de área, rodeada por um muro de 21 km de extensão, a Tapada de Mafra possui grande diversidade de espécies animais e vegetais, sendo uma área de acesso regulado (pago).

A Tapada de Mafra foi criada em 1747, no reinado de D. João V na sequência da construção do Palácio de Mafra, que lhe é contíguo. Conhecida então como Tapada Real de Mafra, a sua criação teve como objectivo a existência de uma zona de lazer real vocacionada para a caça para entertenimento da família real e da nobreza.

Na actualidade, a zona é ainda usada para a caça, feita de forma limitada, e para turismo rural e lazer.

 

Fauna - A fauna da área é marcada pela presença de espécies usadas na caça desportiva, como o gamo (Dama dama), o veado-vermelho(Cervus elaphus) e o javali (Sus scrofa). Outras espécies de mamíferos presentes são o lobo ibérico (Canis lupus signatus), a raposa(Vulpes vulpes), a doninha (Mustela nivalis) e a gineta (Genetta genetta).

Diversas espécies de aves são encontradas na Tapada. Entre as aves de rapina, conhece-se a existência de alguns espécimens de bufo-real (Bubo bubo), águia de Bonelli (Hieraaetus fasciatus), açor (Accipiter gentilis) e peneireiro-vulgar (Falco tinnunculus), entre outras. Outras aves incluem o gaio comum (Garrulus glandarius), a perdiz (Alectoris rufa), o tentilhão (Fringilla coelebs) e o rouxinol (Luscinia megarhynchos).

A presença de zonas húmidas em toda a Tapada proporciona um habitat para a existência de diversos anfíbios, como a salamandra(Salamandra salamandra), o tritão verde (Triturus marmoratus) e a rela (Hyla arborea). Encontram-se ainda pequenos répteis como aosga (Tarentola mauritanica), a lagartixa comum (Podarcis bocagei) e a víbora cornuda (Vipera latastei), uma espécie venenosa mas nãoa gressiva.

 

Flora - A diversidade florestal da área é considerada a grande riqueza da Tapada de Mafra. Abundam espécies como o pinheiro-manso (Pinus pinea) e o pinheiro-bravo (Pinus pinaster), o sobreiro (Quercus suber), o carvalho lusitano (Quercus faginea) e o zambujeiro, um tipo de oliveira selvagem (Olea europea var. sylvestris). O eucalipto (Eucalyptus globulus) é também abundante mas não uma espécie desejada na zona, estando a sua erradicação em progresso. Outras árvores presentes na Tapada são o choupo (Populussp.), o plátano (Platanus sp.), o salgueiro (Salix sp.) e o freixo (Fraxinus sp.).

Fazem parte da flora da Tapada arbustos como a urze (Erica scoparia), a murta (Myrtus communis), a aroeira (Pistacia lentiscus), o pilriteiro (Crataegus monogyna) e ocarrasco (Quercus coccifera), assim como o feto Pterydium aquilinum.

 

Na Tapada de Mafra encontram-se instalações de turismo rural, além de espaços para a realização de diversos tipos de eventos. Existem trilhos para percurso pedestre ou BTTe visitas guiadas para observação da fauna e flora.

A caça é permitida em alturas específicas do ano e bastante condicionada, de modo a manter o equilíbrio cinergético da área.

São também organizadas actividades pedagógicas de educação ambiental, com um público-alvo preferencialmente juvenil.

Pode-se efectuar um percurso pedestre, de BTT, ou ainda conhecer a Tapada num comboio turístico.

(Texto resumo de Wikipedia)

IMG_6881.JPG

IMG_6855.JPG

IMG_6853.JPG

IMG_6882.JPG

IMG_6867.JPG

IMG_6862.JPG

IMG_6857.JPG

IMG_6856.JPG

IMG_6855.JPG

 IMG_6889.JPG

IMG_6885.JPG

 IMG_6890.JPG

IMG_6893.JPG

 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 00:28

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 30 de Agosto de 2016

Passeio a Óbidos (6ªparte)

IMG_6805.JPG

IMG_6810.JPG

 

O Castelo de Óbidos localiza-se na freguesia de Santa Maria, vila e concelho de Óbidos, no distrit de Leiria.

Erguido sobre um pequeno monte, à beira mar, domina a planície envolvente e o rio Arnóia, a este. Fruto de diversas intervenções arquitetónicas ao longo dos séculos, integra o conjunto da vila, que preserva as suas características medievais. Classificado como Monumento nacional, em 7 de julho de 2007 foi eleito como uma das Sete Maravilhas de Portugal.

 

Acredita-se que a primitiva ocupação humana do seu sítio remonte à pré-história. Pela sua proximidade da costa atlântica, despertou o interesse de povos invasores da península Ibérica, tendo sido sucessivamente ocupado por Lusitanos (século IV a.C.), Romanos (século I), Visigodos (séculos V aVI) e Muçulmanos (século VIII), atribuindo-se a estes últimos a fortificação da povoação, como se constata pela observação de determinados trechos da muralha, com feições mouriscas.

Doada como presente de casamento por D. Dinis à rainha Santa Isabel, a vila passou a integrar o dote de todas as rainhas de Portugal até 1834.

O castelo e todo o conjunto urbano da vila de Óbidos encontram-se reclassificados como Monumento Nacional por Decreto do Governo publicado em 5 de Janeiro de 1951.

 

O castelo ergue-se na cota de 79 metros acima do nível do mar, com planta no formato retangular irregular (orgânica), misturando elementos dos estilos românico, gótico,manuelino e barroco.

O perímetro das muralhas, reforçadas por torres de planta quadrada e cilíndrica, alcança 1.565 metros, totalmente percorrido por um adarve defendido por parapeito ameado. Em alguns trechos, as muralhas elevam-se a 13 metros de altura.

O troço este da muralha constitui o núcleo do muralhamento mais amplo que envolve o castelo e a vila, e que, prolongando-se por ambos os lados em direção ao sul por 500 metros, fecha o perímetro em ponta, na chamada Torre do Facho.

O acesso é feito por quatro portas e dois postigos, destacando-se a Porta da Vila ou Porta de Nossa Senhora da Piedade, encimada por uma inscrição, ali colocada pelo rei D.João IV, e que reza: A Virgem Nossa Senhora foi concebida sem pecado original. No seu interior encontra-se uma capela com varanda, revestida de azulejos do século XVIII.

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 21:12

link do post | comentar | favorito

Passeio a Óbidos (5ªparte)

IMG_6767.JPG

IMG_6771.JPG

IMG_6772.JPG

IMG_6773.JPG

IMG_6774.JPG

 IMG_6730.JPG

 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 21:04

link do post | comentar | favorito

Passeio a Óbidos (4ªparte)

As buganvílias, estão por todo o lado!

IMG_6734.JPG

IMG_6736.JPG

IMG_6758.JPG

IMG_6763.JPG

IMG_6789.JPG

IMG_6831.JPG

IMG_6843.JPG

Bougainvillea é um género botânico da  Nyctaginaceae, de espécies geralmente designadas como buganvílias.

As buganvílias são arbustos trepadores.

Nativas da América do Sul, recebem vários nomes populares, como primavera, três-marias, sempre-lustrosa, santa-rita,ceboleiro, roseiro, roseta, riso, pataguinha, pau-de-roseira e flor-de-papel.

O seu nome deriva do explorador francês M. Bougainville que a trouxe pela primeira vez do Brasil no século XVIII.

Muito comuns nos trópicos e nos jardins mediterrânicos, as buganvílias são cultivadas pelas suas espetaculares brácteas (folhas modificadas na base das flores) multicolores e de cores vivas.

São encontradas em diversas cores como: Branca, Roxa, Rosa Claro, Pink, Vermelha, Amarela, Laranja, e diversas outras, simples ou com duas cores.

As flores são pequenas e brancas.

Estes arbustos podem chegar a medir entre 5 e 7 metros de altura e a sua floração prolonga-se de março a novembro.

(pesquisa da Net)

 

publicado por Adelaide Pereira às 20:39

link do post | comentar | favorito

Passeio a Óbidos (3ªparte)

A ginginha sempre presente...

19870783_rR3N0.jpeg

19870792_jAaNz.jpeg

IMG_6840.JPG

 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 20:35

link do post | comentar | favorito

Passeio a Óbidos ( 2ªparte)

O meu encanto por janelas, cortinas e flores...

IMG_6715.JPG

IMG_6718.JPG

IMG_6721.JPG

IMG_6741.JPG

IMG_6744.JPG

IMG_6756.JPG

IMG_6764.JPG

IMG_6779.JPG

IMG_6785.JPG

IMG_6787.JPG

IMG_6792.JPG

IMG_6828.JPG

 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 20:29

link do post | comentar | favorito

Passeio a Óbidos (1ªparte)

Passeio a Óbidos!

Um passeio que é quase uma tradição nas nossas férias familiares.

Uma vila histórica encantadora.

Um regalo para quem como eu, e a maioria dos membros desta familia,  gosta de artesanato!

IMG_6688 - Cópia (2).JPG

IMG_6688.JPG

IMG_6693.JPG

IMG_6694.JPG

IMG_6696.JPG

IMG_6697.JPG

IMG_6700.JPG

IMG_6702.JPG

IMG_6705.JPG

IMG_6707.JPG

 

IMG_6710.JPG

IMG_6713.JPG

 

IMG_6825.JPG

IMG_6827.JPG

IMG_6833.JPG

IMG_6839.JPG

 

IMG_6723.JPG

 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 20:10

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 24 de Agosto de 2016

Para Todo o Sempre - Jude Deveraux

Sinopse- Alix Madsen e Jared Montgomery celebraram o seu casamento numa capela elegante no meio do bosque, seguido de um banquete e de um baile ao luar. Enquanto a maioria dos convidados tem os olhos postos no feliz casal, Graydon, o primo de Jared, é incapaz de desviar a vista de uma das damas de honor, Toby Wyndam. Dona de uma beleza serena e de um sentido de humor subtil, Toby também tem uma qualidade que a torna única: é capaz de distinguir Graydon do seu gémeo verdadeiro, Rory. Segundo a lenda da família, esse dom torna-a o Amor Verdadeiro dele. No entanto, Graydon sabe que não há nenhuma possibilidade de acabarem juntos, já que é herdeiro do trono da Lanconia e tem de se casar com a aristocrata que foi escolhida para ele. Uma vez que ambos sabem que a sua relação é impossível, prometem que nunca passarão da amizade. Mas algo acontece entre eles, algo que desencadeou uma força desconhecida. Se quiserem estar juntos, devem mudar os acontecimentos do passado e o que vai acontecer no futuro.

 

(imagem e texto de fnac.pt)

 

Gostei muito!

Um ótimo romance para leitura de férias.

Jude Deveraux é uma das minhas escritoras preferidas. 

 

publicado por Adelaide Pereira às 21:57

link do post | comentar | favorito
Domingo, 21 de Agosto de 2016

Boa semana para todos!

 

publicado por Adelaide Pereira às 20:06

link do post | comentar | favorito
Sábado, 20 de Agosto de 2016

Um Doudou para o Lourenço

A Ana não tem muito jeito nem paciência para a arte do crochet, mas ficou tão feliz com o seu afilhado Lourenço que colocou em prática os seus conhecimentos, um pouco esquecidos, para lhe fazer um lindo ursinho doudou.

IMG_6667.JPG

IMG_6672.JPG

IMG_6676.JPG

 

20160818_183415.jpg

 

publicado por Adelaide Pereira às 00:23

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 19 de Agosto de 2016

Barriosa, Vide

Barriosa, Vide...

IMG_6505.JPG

IMG_6507.JPG

IMG_6509.JPG

IMG_6515.JPG

IMG_6520.JPG

IMG_6522.JPG

IMG_6524.JPG

IMG_6527.JPG

IMG_6529.JPG

IMG_6531.JPG

IMG_6534.JPG

IMG_6549.JPG

 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 20:21

link do post | comentar | favorito

Serra da Estrela

Passeio em familia à Serra da Estrela...

IMG_6561.JPG

IMG_6577.JPG

IMG_6590.JPG

IMG_6593.JPG

IMG_6603.JPG

IMG_6604.JPG

IMG_6614.JPG

IMG_6621.JPG

IMG_6627.JPG

IMG_6631.JPG

IMG_6638.JPG

IMG_6650.JPG

  

IMG_6653.JPG

IMG_6657.JPG

IMG_6660.JPG

 

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 20:13

link do post | comentar | favorito

Sebastian - Anne Bishop

 Sinopse - Bem-vindos a Efémera, onde a terra se altera em resposta aos mais profundos desejos e medos dos seus habitantes. Há muito tempo, Efémera foi dividida em inúmeras paisagens mágicas ligadas somente por pontes. Pontes que podem levar quem as atravessa para onde realmente pertence e não ao local onde pretende chegar. Numa dessas paisagens habitada por demónios e onde a noite impera, o meio-íncubo Sebastian delicia-se em prazeres obscuros. Contudo, aguarda-o um destino devastador. Uma aprendiza descuidada libertou um mal antigo que agora se agita - e o reino de Sebastian poderá ser o primeiro a sucumbir... Mas em sonhos, ela chama por ele: uma mulher que não deseja mais do que ser amada e sentir-se protegida - uma mulher pela qual ele anseia mas que sabe poder vir a destruí-la. Ela é Lynnea, e o seu improvável romance está no centro da batalha que se trava entre a luz e as trevas.

(imagem e texto de fnac.pt)

 

O meu filho Pedro é fã de Anne Bishop.

Como não conhecia a escritora, escolhi Sebastian para o primeiro encontro.

A ideia central é muito boa.

Efémera, um mundo dividido em inúmeras paisagens mágicas ligadas entre si apenas por pontes. Pontes essas que guiam não até ao local onde cada um quer ir, mas sim ao local que o seu coração realmente deseja ir.

O estilo de escrita é excelente.

Não me entusiasmei com a leitura tanto como esperava.

Irei escolher outra obra para um melhor conhecimento.

Tags:
publicado por Adelaide Pereira às 19:58

link do post | comentar | favorito
Domingo, 14 de Agosto de 2016

Reutilizar é importante: Saia que vira blusa

Em tempo de crise é necessário usar a imaginação e reutilizar tanta coisa que vai ficando armazenada a ocupar espaço.

Uma saia que fiz há quase 30 anos, ainda andava na faculdade, e que entretanto passou de moda, deixou de servir e ficou guardada porque gostava muito do tecido que era de boa qualidade.

Chegou a altura de ter uma nova utilização.

Com um pouco de imaginação, novo corte e um picot em crochet, a saia transformou-se em blusa!

IMG_6396.JPG

IMG_6397.JPG

IMG_6398.JPG

  

publicado por Adelaide Pereira às 11:47

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.mais sobre mim

.Bem vindos ao meu blog!!!

.pesquisar

 

.Agosto 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
22
23
25
26
27
28
29

.posts recentes

. Tapada Nacional de Mafra ...

. Tapada Nacional de Mafra

. Passeio a Óbidos (6ªparte...

. Passeio a Óbidos (5ªparte...

. Passeio a Óbidos (4ªparte...

.arquivos

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

.Tags

. todas as tags

.links

.Visitas a partir de 28-Dezembro-2009

provided by Inteliture.com
Inteliture.com

.professora

.Selinhos recebidos

.Velas acesas, uma por cada um dos membros da minha família, pela paz, e para que se acabem todos os tipos de maus tratos no Mundo!!

.As minhas afilhadas de blog: - Nélia - Arte das Manas / - Teresa - Artxike

blog da Nélia
blog da Teresa

.Leilão Forumeiros

Leilão Forumeiros
blogs SAPO

.subscrever feeds